Tamanho do texto

A mãe e os irmãos do cachorrinho assistiram de perto o resgate

Os cães são animais muito curiosos e costumam entrar em pequenos locais para descobrir um mundo novo. Na maioria das vezes conseguem sair normalmente, mas nem sempre dá certo. Um filhote enfiou a cabeça dentro de uma roda de carro e acabou ficando entalado.

Leia mais:  Cão que foi acidentalmente enviado para o Japão consegue voltar para casa

Os bombeiros foram acionados para resgatar o pet. Ninguém sabe porque o filhote enfiou a cabeça na roda, mas possivelmente foi movido pela curiosidade. O caso foi gravado e publicado na página do Abrigo e Controle de Animais do condado de Bastrop, Texas (Estados Unidos).

Filhote prende a cabeça em roda de carro e bombeiros são acionados para resgatá-lo
Reprodução Facebook
Filhote prende a cabeça em roda de carro e bombeiros são acionados para resgatá-lo

No primeiro vídeo, é possível ver o cachorrinho com a cabeça presa em uma roda, bem grande comparada ao seu tamanho. Ele tenta se soltar algumas vezes, mas não tem sucesso. Até que alguém se aproxima com a câmera e acaricia o pet para acalmá-lo. 



Mais:  Garoto que sofre bullying por ter doença rara, adota gato com mesma condição

A mãe e os irmãos do filhote assistiram tudo de perto enquanto ele era salvo pelo corpo de bombeiros. Na segunda filmagem ele já está livre e recebe muito carinho da cadela. 



O abrigo local ficou responsável pela família resgatada. Eles estão trabalhando para que todos sejam castrados e enviados futuramente para a adoção. 

Veja mais:  Cão prende a cabeça dentro de saco de salgadinho e morre sufocado

Esse filhote teve a sorte de ser resgatado, mas nem sempre a história tem um final feliz. Há poucos dias um pitbull prendeu a cabeça em um saco de salgadinho na tentativa de alcançar os farelos. Ele não conseguiu se livrar e morreu sufocado. A dona compartilhou a situação em suas redes sociais, alertando outros tutores sobre esses pequenos perigos que os cães correm diariamente. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.