Ver um animal machucado deixa a maior parte das pessoas triste. Romy McCloskey, uma designer e criadora de borboleta, viu que uma de suas borboletas-monarcas havia nascido sem uma parte da asa e soube que não poderia ficar sem fazer sem nada. Ela então decidiu realizar uma cirurgia de transplante no bichinho. 

+ Dono registra crescimento de seu cachorro de forma inusitada e engraçada

undefined
Reprodução
A borboleta nasceu sem parte da asa

Para recuperar a asa da borboleta Romy utilizou apenas coisas que tinha à disposição em casa: uma toalha, um cabide de arame, um palito de dente, uma tesoura, um palito de dente, cimento de contato, cotonete, pinça, talco e uma asa de um dos seus insetos que havia falecido dias antes. Apesar das linhas pretas não terem ficado totalmente perfeitas, o transplante correu como o esperado. 

undefined
Reprodução
Os utensílios utilizados na operação da borboleta eram tudo que Romy tinha em casa

"Eu sou designer e artista, sabia que esse era o certo a fazer", disse Romy ao site colaborativo de notícias americano Bored Panda. Ela ainda garantiu que não foi necessário administrar nenhum tipo de medicação ou sedativo no inseto e comparou a asa à unha e ao cabelo humano. 

+ Jornalista é atacado por lêmures durante gravação de matéria em zoológico

undefined
Reprodução
O resultado do transplante de asa feito na borboleta foi satisfatório

Depois de um dia de descanso e boa alimentação, era hora de realizar o teste e garantir que que o inseto coseguiria voar tranquilamente. Com sorte, tudo correu bem. O animal que não tinha nenhuma expectativa de vida, passou a ter a mesma que os outros membros da sua espécie: de 2 semanas a 5 meses. 

undefined
Reprodução
A borboleta conseguiu voar normalmente


Borboleta-monarca

A borboleta-monarca é da família dos ninfalídeos e está presente em toda a América. Chama atenção das pessoas pela beleza, possui linhas pretas pelas asas e são da cor laranja ou amarelo-alaranjado, além de pintas brancas distribuídas nas bordas das asas. 

+ Fotógrafo faz sucesso ao retratar cachorros ao redor do mundo

Com cerca de 70 mm de envergadura, a espécie segue o mesmo ciclo de desenvolvimento de qualquer borboleta. A fêmea coloca o ovo que quando é chocado dá origem a uma pequena lagarta que irá se desenvolver e se transformar em borboleta.  


    Leia tudo sobre: casa notícias

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários