Tamanho do texto

No início a mulher achou que o problema era o radiador, mas levou um susto quando descobriu o real motivo

A vida é cheia de surpresas. Algumas situações acontecem que são quase impossíveis de acreditar. Um caso assim aconteceu com a moradora de Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba, Lidiane Braga Carlos enquanto dirigia seu carro.

Mais:  Homem prestes a cometer suicídio tem vida salva por gatinho

Como qualquer outro dia, a mulher pegou seu automóvel para buscar sua filha na escola e resolver alguns problemas pessoais no centro da cidade. Ela só conseguiu dirigir por duas quadras, até que num determinado momento o  carro  enguiçou e parou completamente. Lidiane tentou ligá-lo novamente, mas não teve sucesso. 

A mulher pensou que o problema fosse o radiador. O dispositivo estava dando problema há um tempo, mas nunca tinha feito o automóvel morrer. Então, ela pegou uma garrafa de água e abriu o capô do carro. Foi quando ela tomou um grande susto com o que viu: no meio do motor havia um cachorrinho!

Cão assusta mulher por estar dentro do capô do carro
Reprodução Redes Sociais
Cão assusta mulher por estar dentro do capô do carro

Lidiane ficou em choque com o que viu! Não poderia imaginar que era um animal o causador do problema no carro. Segundo ela, o animal estava preso em cima da bateria, um dos locais mais quentes. Em pouco tempo as pessoas da cidade se reuniram em torno do veículo para ver o que estava acontecendo. 

Saiba mais:  Gambá prende a cabeça em copo de sorvete e é salvo por policial

O animal estava bastante assustado, o que dificultou seu resgate. O corpo de bombeiros foi acionado, mas o cão conseguiu ser retirado antes da chegada dos oficiais. Entretanto, assim que ganhou a liberdade, o pet correu para debaixo do carro de tanto medo. Alguns minutos depois, finalmente ele foi salvo.

Lidiane o colocou dentro do carro e levou à associação de animais do bairro. Após ser examinado pelo veterinário, confirmou-se que ele não estava machucado, mas tomou uma medicação para dor. Segundo a veterinária, ele tem cerca de oito a dez meses de idade.

Infelizmente, Lidiane não pode ficar com o pet. O local que mora é pequeno e já possui um Labrador. Mas ela não o abandonou e levou temporariamente para sua casa. Lá deu banho, comida, cobertores e um canto para descansar. Fotos e a história foi publicada no seu perfil do Facebook, confira.


Mais:  Cadela que perdeu o dono para o câncer tem um melhor amigo agora

Lidiane usou sua rede social para achar alguém para adotar o cão. Esperamos que ele encontre um lar permanente, com muito amor e carinho e não entre mais dentro de um carro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.