Tamanho do texto

Seu dono fez tudo que estava em seu alcance para ter certeza de que ela ficaria bem sem ele

É sempre difícil receber a notícia de que estamos doentes, ainda mais quando estamos encarregados de cuidar de alguém ou de algum animal de estimação, que vai precisar ficar sob os cuidados de outra pessoa quando a doença começar a progredir e afetar de verdade a vida de quem descobriu que estava doente. Depois que John soube que ele estava com câncer terminal no começo desse ano, ele começou a procurar por uma nova cada para a sua cadela , de nome Yola. 

+Gambá prende a cabeça em copo de sorvete e é salvo por policial

John, que adotou a cadela vira-lata no ano de 2016 de um abrigo local em Yuma, Wyoming, nos Estados Unidos, logo precisaria encontrar uma nova pessoa para adotar e cuidar de seu animal de estimação amado com muita dedicação e carinho quando ele mesmo não fosse mais capaz de cumprir com os seus deveres como o dono e também o tutor de sua cadela Yola.

 Uma mulher de nome Janet Marschner viu a história da cadela vira-lata Yola em sua página do Facebook, e se sentiu imediatamente atraída a ela. "Eu senti compaixão pela história de John e de Yola - foi de partir o coração," Marschner disse. "Sem hesitar, eu respondi ao anúncio e disse para John que eu possuia uma casa em Cheyenne, Wyoming. John leu todas as respostas e gostou mais da minha."

 Apesar de Marschner nunca ter tido a chance de conhecer John, o antigo dono de Yola, pessoalmente, ela coordenou a adoção da cadela através de sua amiga, Beverly Hughes. Além de Yola, Hughes disse a Marschner que um outro cachorro que recebia o nome de Boogy também estava procurando por um lar definitivo para morar com tranquilidade e muito amot, e Marschner concordou em levá-lo também para viver em sua casa. "Eu não estava certa sobre levar dois cachorros novos para a minha casa, mas eu fico muito feliz de ter realmente feito isso," disse Marschner.

"Eu amo muito os dois."

Cadela que perdeu o dono para o câncer tem um melhor amigo agora
Reprodução
Cadela que perdeu o dono para o câncer tem um melhor amigo agora


Infelizmente, o antigo dono de Yola, John, morreu em decorrência de seu câncer no dia primeiro de agosto de 2017, algumas semanas depois de Yola ter encontrado um novo lar para passar o resto de sua vida.

Mas a cadela Yola iria ter muita companhia logo para ajudá-la a se recuperar da perda de seu querido e amado dono. Marschner, uma amante dos animais de longa data, é muito ativa em resgates de animais e ajuda a causa da adoção de animais de estimação que já são adultos ou até mesmo idosos e precisam de um lar cheio de amor para viverem. Os cães Yola e Boogie entraram para a turma de quatro cachorros, três gatos, três cachorros, dois burros miniatura, um cavalo miniatura e uma vaca miniatura de Marschner. Além da grande quantidade de animais que ela mantém vivendo com ela em sua casa, os cachorros também podem brincar em todo o espaço gigante que a casa de Marschner possui, o que é ótimo para cachorros que querem estar sempre correndo, brincando e gastando bastante energia ao longo do dia, para prevenir doenças como a obesidade, que acarreta vários problemas de saúde em nossos queridos animais de estimação.

Yola e Boogy se ajustaram rapidamente a suas novas vidas e pareciam estar amando todo o espaço e novos amigos que o novo lar estava proporcionando aos dois, que adoram brincar com todos os animais e ter bastante espaço para correr livremente durante o dia inteiro.

"Yola tem estado muito bem," disse Marschner. "Nós saímos em caminhadas diárias para o galpão, e ela dorme em uma cama no meu quarto. Ela é uma cadela muito fofa e sensível."

Yola ama especialmente quando ela pode brincar com o filhote de border collie de Marschner, que só tem seis meses de idade e recebeu o nome de Flint.

Ela também adora mastigar os seus ossos de brinquedo.

Boogy também se adaptou sem grandes dificuldades a vida no rancho, e está amando a sua nova vida com sua dona Marschner e com todos os outros animais que lá vivem.

 "Boogy é muito feliz," diz Marschner. "Ele ronca quando fica muito animado. Ele dorme ao meu lado todas as noites na cama." Boogy também gosta de brincar de esconde esconde com os gatos, gosta de pegar bolinhas com Yolas e caminhar até o galpão também.

"Boogy é muito sensível, e ele demonstra isso," disse Marschner. "Se o filhote Flint está sendo levado, Boogy leva tudo para o lado pessoal. Isso se adiciona ao seu charme."

Quase todos os animais que moram na casa de Marschner foram resgatados, e a maioria foi adotada de abrigos de animais e organizações de resgate, enquanto outros foram encontrados nas ruas. Marschner também já ajudou vários abrigos e resgates durante a sua vida.

Depois que Yola foi viver com Marschner, ela ficou inspirada em preencher o seu sonho de começar uma organização de resgate sua, e está fazendo de tudo que está em seu alcançe para que o objetivo seja cumprido.

 Além desses objetivos muitos especiais e também necessários, Marschner gostaria de começar um programa de adoção e realocação que ajude os animais de estimação cujo os donos tiverem dado entrada no hospital ou na reabilitação, inspirada pela história de John e Yola. "Yola e Boogy me inspiraram a finalmente colocar alguma coisa no lugar," disse Marschner. "A real contribuição de Boogy e Yola é ter ajudado pessoas que estão doentes e não conseguirão manter os seus cachorros durante esse período de doença.

  O programa ajudaria a honrar a mensagem final  de John para muitas pessoas que lhe mandaram um e-mail na intenção de adotar a sua cadela Yola. Hughes deixou as pessoas saberem que Yola havia encontrado um lar, mas disse ainda que a sua ideia era a de continuar os milhares de animais que estão esperando para serem adotados ao redor do mundo.

"John, o dono de Yola, perguntou ser você tinha um espaço para Yola, e para por favor considerar seus corações e casa para outro animal resgatado que também merece e pode não ser tão sortudo para ter alguém intercedendo por ele e tentando encontrar uma casa para ele," disse Hughes. "Existem muitos cachorros em abrigos animais - muitos amáveis, com almas doces sendo mortos todos os dias. Por favor, considere salvar a vida de um."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.