Tamanho do texto

Ele se tornou o porto seguro da pobre gatinha que ficou sozinha no mundo

O instinto natural diz que um cachorro e um gato não devem se dar bem. As duas espécies possuem uma relação antagônica famosa com o passar dos anos. Estamos acostumados a ver essa rixa em todos os lugares, e é difícil imaginar que dois animais dessas espécies pudessem um dia se tornar amigos e conviver de forma mais do que pacífica, e sim carinhosa e muito amorosa.

+Cachorro e seu dono se vestindo como gêmeos ganham a internet

Só não conte isso para o Labrador retriever Barney...

 Cachorro conforta gatinha que perdeu sua família
Reprodução
Cachorro conforta gatinha que perdeu sua família


Barney ainda era um pequeno filhote quando os seus donos decidiram que eles não eram capazes de tomar conta dele, e os levaram para a Battersea Dogs & Cats Home no Reino Unido. Foi lá que o Labrador conheceu uma enfermeira da clínica, Rachel Ab'dee, e os dois souberam instantaneamente que o Barney iria para casa com ela.

Ab'dee tinha um ponto fraco para Labradores e sua natureza feliz e fácil de lidar, mas queria dar a chance de outras famílias adotarem Barney antes de preencher a papelada ela mesma. "Eu tinha recentemente perdido o meu próprio Labrador retriever e o meu primeiro pensamento quando eu vi o Barney foi, 'Eu adoraria tê-lo', mas eu pensei que ele iria arranjar uma casa muito rapidamente," disse Ab'dee. "Quando uma semana passou e o Barney ainda se encontrava no canil sem uma casa, eu sabia que era uma obra do destino."

+Cachorro que ama patos de borracha ganha vários e tem reação incrível

Apesar de ele ter encontrado uma casa para o resto de sua vida, Barney continuou a viajar para o escritório da clínica todos os dias com a sua nova dona Ab'dee para fazer companhia a ela enquanto estava no trabalho, e não demorou muito para que descobrissem que o cachorro resgatado possuía um talento muito especial.

Barney era perito em ser babá de gatinhos.


Durante os últimos três anos, Barney tem agido como um pai adotivo para nove gatinhos - incluindo uma ninhada de quatro do último Natal. O combinado é perfeito tanto para Ab'dee quanto para Barney. O cão fica ansioso e adora ir trabalhar com a sua dona, e Ab'dee ama passar o seu tempo junto de Barney enquanto os dois cumprem com os seus trabalhos muito importantes dentro da clínica.

   Enquanto Barney ama todos os gatinhos, nenhum relacionamento até agora foi tão especial quanto o vínculo que foi criado entre ele e a gatinha de 5 semanas de nome Ava. Ela foi encontrada tremendo e sozinha em um jardim de Londres com somente alguns dias de vidas, e as coisas não pareciam ser promissoras para Ava. Ela foi levada para o Battersea para ganhar força, mas sem os seus irmãos ela estava isolada dos outros animais.

+Cadela mantida em porão agora vive aventuras com o seu novo dono

 Com uma semana de idade, a gatinha Ava foi introduzida ao Labrador retriever Barney, e os trabalhadores do local rezaram para que ele aceitasse a gatinha abandonada e tomasse conta dela. As coisas começaram devagar, percebeu Ab'dee, o que foi bom tanto para a gatinha quando para o cachorro. "Com essa idade, não precisou de muitos esforços do Barney para que Ava ficasse confortável e começasse a dormir em seu colo," disse Ab'dee.

Cachorro conforta gatinha que perdeu sua família
Reprodução
Cachorro conforta gatinha que perdeu sua família


Com o passar do tempo, um vínculo muito forte foi formado entre os dois animais, e agora, um mês mais tarde, Barney e Ava são inseparáveis. "Barney adora a Ava e não pode esperar chegar no Battersea todas as manhãs para que assim ele possa vê-la," disse Ab'dee. "Isso tudo é muito bom para a Ava também, pois ela não possui uma mãe ou irmãos e irmãs, então o Barney se tornou o seu melhor amigo e brincar com ele é a sua atividade favorita."

 O Barney pode não saber disso nesse exato momento, mas ele está tendo um papel muito importante na vida da frágil gatinha Ava, ajudando-a todos os dias a ficar mais forte e mais feliz e bem amparada.


"O Barney está ajudando a fazer crescer a confiança de Ava, e está também a ajudando a desenvolver instintos de brincar," explicou Ab'dee. "Pelo fato de ela estar acostumada com a companhia de um cão, nós temos mais casas disponíveis para ela, pois agora ela pode viver com outros cachorros sem nenhum tipo de problema com isso."

Ava ainda precisa ser alimentada a cada duas horas, mas quando ela for velha o suficiente, já existe um grande número de voluntários que estão prontos e querendo muito levá-la para as suas casas.          

 Por mais três semanas, os dois melhores amigos serão capazes de ficarem juntos e brincar o quanto eles quiserem, e a dona de Barney não poderia estar mais orgulhosa do importante trabalho que ela sabe que ele está desempenhando. "É muito maravilhoso ver os dois tão felizes juntos," disse Ab'dee. "E saber que os dias mais difíceis da vida dos dois já estão no passado."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.