Tamanho do texto

Depois de viralizar, internautas começaram a compartilhar vídeos e alguns cães sendo maltratados durante o treinamento

Recentemente um vídeo que mostra um cachorrinho andando em pé e vestido de calça, blusa e com mochila nas costas viralizou nas redes sociais. A filmagem que veio de uma conta na rede social chinesa Huoshan Video, algo parecido com o Vine no Brasil, chamou atenção das pessoas não apenas pela fofura, mas pela possibilidade de haver maus-tratos ao animal durante o treinamento para tal façanha. 

+ Conheça o gato 'nerd' que ganhou quatro títulos de melhor estudante

O gif viralizou na internet
Reprodução
O gif viralizou na internet

Muitas pessoas começaram a comentar que aquilo não era uma atitude normal para um cachorro e que ele não deveria estar fazendo aquilo. Outras compartilharam vídeos que encontraram de outros cães sendo treinados e as imagens são repletas de maus-tratos .

Dessa forma se acendeu uma discussão sobre o assunto. Essa não é a primeira vez que isso acontece, em janeiro de 2011 foi aberto um abaixo assinado online para salvar um poodle chamado Sushi depois que um vídeo do treinamento dele foi encontrado na internet. As imagens são fortes: 

A cachorrinha que chamou atenção desse vez se chama Smol Bean. Ela possui uma conta na mesma rede social em que o vídeo viral foi baixado, a Huoshan Vídeo e possui mais de 34 mil seguidores, todos encantados apenas pela fofura de seus vídeos. 

+ Vídeo mostra leão marinho puxando menina para o mar

Perfil de Smol Bean na rede social chinesa
Reprodução
Perfil de Smol Bean na rede social chinesa

Na mesma plataforma também podem ser encontrados outros perfis de cães capazes de realizar o mesmo truque de Smol Bean. 

Parece que a prática é uma moda na China
Reprodução
Parece que a prática é uma moda na China

Com a polêmica instaurada, o dono de Smol foi questionado e decidiu postar um vídeo onde mostra como funciona o treinamento dela: usando as mãos para guiá-la, o homem faz com que sente e levante, dando um petisco no final. A publicação funcionou muito bem com os seguidores. 

+ Pit Bull abraça seu ursinho de pelúcia depois de cirurgia

Não é possível provar se no adestramento de Smol há ou não maus-tratos, mas é preciso haver uma conscientização em relação a prática. Fazer com que o animal ande de uma forma diferente da que está acostumada por um longo período de tempo e repetidas vezes pode influenciar na saúde, provocando problemas na coluna posteriormente. É sempre preciso pensar no bem-estar dos bichinhos antes de qualquer coisa. 


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.