Gato polidactilo da casa de Hemingway
Reprodução Instagram @hemingwayhomecats
Gato polidactilo da casa de Hemingway


Gato polidáctilo é todo felino com dedo a mais em suas patas . Geralmente os bichanos possuem 18 dedos, sendo cinco nas patas da frente e quatro nas traseiras. Mas alguns deles nascem com um ou mais dedos em uma ou mais patas - o último reconhecido pelo Guinness Book tinha sete dedinhos em cada pata, totalizando 28 almofadinhas.

Apesar da polidactilia não ser um fenômeno raro, o mais comum é que os dedos extras apareçam nas patas dianteiras dos gatos. A situação começa a ficar incomum quando eles estão presentes também nas patas traseiras e em mais de uma pata - o caso do gatinho recordista é extremamente incomum.

Polidactilia é uma doença?

Considerada uma anomalia genética, a condição não é uma doença. "A polidactilia é uma mutação genética, ou seja ela é causada pela presença de um gene dominante. Por ser herdada geneticamente, os filhotes que têm pais com essa alteração tem cerca de 50% de chance de apresentar a polidactilia. Em alguns casos, o dedo extra tem a aparência de um polegar grande, fazendo com que o pet pareça estar usando um pequeno par de luvas", explica a médica-veterinária da Ceva Saúde Animal, Nathalia Fleming.

Você viu?

Os dedos extras não devem ser uma preocupação para os tutores, pois não costumam causar nenhuma malefício à saúde e bem-estar do pet. O principal cuidado é com a manutenção das garras do animal, pois elas precisam ser cuidadas para evitar que machuquem os coxins dos felinos.

"O indicado é proporcionar arranhadores no espaço para que o felino faça a desgaste natural das garras e caso note que as unhas estão muito grandes o tutor deve buscar indicação do veterinário para verificar se é necessário aparar", sugere a especialista.

Adorados pelos marinheiros

As patas e os dedos auxiliam no equilíbrio dos felinos, assim como seus bigodes. Por isso, gatos polidáctilos costumam apresentar melhor estabilidade e habilidades de escalada que os gatinhos normais.

"Alguns estudos indicam que algumas raças, como a  Maine Coon , têm mais prevalência desta condição, por conta da evolução natural da linhagem que tem matas maiores e isoladas para facilitar a movimentação em superfícies mais difíceis, como a neve", conta a veterinária. 

Estes talentos não passaram despercebidos por marinheiros, que consideravam um sinal de boa sorte ter um gato de luvinhas a bordo do navio. Por terem viajado tanto, a origem dos gatos polidáctilos é incerta, apesar deles serem encontrados em maior número na costa leste da América do Norte (Estados Unidos e Canadá), no sudoeste da Inglaterra e Gales. Os marujos apelidaram os bichanos de "gatos ciganos" e acreditavam que eles eram seres superiores.

Hemingway e os gatos

Um apaixonado pelos polidáctilos foi o escritor Ernest Hemingway, que ganhou sua primeira gata de luvinhas de um capitão e a batizou de Snow White (Branca de Neve). O vencedor do Prêmio Nobel da Literatura se tornou um adorador e defensor dos gatinhos com dedos extras e, após sua morte (1961), a casa se tornou um museu e santuário de gatos polidáctilos, com pelo menos 50 descendentes da Snow White.

Todas as fotos desta publicação são da Casa de Hemingway. Os peludos podem ser vistos nas redes sociais pelo Instagram Hemingway Cats from Key West .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários