Tamanho do texto

Os cães e gatos se comunicam com seus tutores de diversas formas e, por mais estranho que pareça, a marcação de território é uma delas

A marcação de território é algo conhecido não só pelos donos de pet, mas também por àqueles que têm seus pneus, canteiros de flores e casas, como ponto de encontro para essas marcações. O que muitos não sabem é que essa necessidade deriva de motivos distintos e é importante entendê-los, já que elas são a forma que seu pet encontra de se comunicar com você e com os outros animais.

+ Cachorra chorando é encontrada em canil e ganha nova família

 Não é besteira o que dizem por aí, uma das principais motivações dos cachorros é mostrar aos seus concorrentes que aquele lugar tem dono. Além da desobediência e da falta de treinamento, a marcação de território pode demonstrar, no caso dos machos o domínio sobre outro cachorro, no caso das fêmeas que estas podem estar na fase de reprodução.

Entenda porque o seu animalzinho insiste na marcação de território
reprodução shutterstock
Entenda porque o seu animalzinho insiste na marcação de território

Um fator igualmente importante é o psicológico. Urinar por toda a casa pode ser um indício de que o pet precisa de mais atenção por parte dos donos e se o costume permanecer, representar o sintoma de alguma doença.  Sendo assim, é importante fazer um diagnóstico e levá-lo ao veterinário, uma vez que o motivo pode não ser somente os instintos caninos e felinos. Por isso é importante entender um pouco mais sobre o seu pet. 


Os postes, hidrantes e valetas são grandes alvos da marcação de território
reprodução shutterstock
Os postes, hidrantes e valetas são grandes alvos da marcação de território

Cães

Você com certeza já comprou um móvel, ou um sapato novo e ele foi alvo certeiro da marcação de território do seu cão. Isso acontece porque os cachorros têm uma tendência maior em sentir algo novo no ambiente. Dependendo do animal, as mudanças são recebidas com estranhamento e impulsionam esse tipo de ação.

Por acaso, já saiu com seu cãozinho e parou de segundo em segundo para que ele fizesse xixi nos postes? Isso é comum. Os cachorros têm o olfato extremamente apurado e usam sua urina para se comunicar com os demais. Ao fazer xixi no poste ele diz, para qualquer cãozinho que passar por ali, que é ele quem manda naquele local.

Para as fêmeas, a marcação de território está atrelada ao Cio. E, nesse tipo de comportamento, ela diz tanto que está apta para as atividades sexuais, como sua disponibilidade para acasalar. Isso acontece devido ao hormônio que, assim como o macho, é liberado na urina.

+ Cão galgo permanece junto ao corpo do dono falecido por um mês até ser resgatado

Fique atento: quando deixamos nossos pets sozinhos em casa, nem sempre eles marcam território para dizer que precisam de mais atenção ou por algum problema psicológico. Às vezes, eles urinam simplesmente para sentir seu próprio cheiro por todo o lugar. Isso dá uma sensação de segurança, como se ele estivesse protegido em seu próprio terreno.

Mas qual a diferença entre marcar território e urinar? A quantidade. Geralmente, quando o cãozinho está fazendo suas necessidades, ele libera mais líquido. Quando marca território, menos.

Uma dica? Perceba as mensagens que seu pet dá. Ao urinar em coisas novas ou pessoas desconhecidas, ele está marcando território. Mas quando você chega em casa e encontra uma poça de urina no meio da sala, quer dizer que ele precisa ser treinado e adestrado.

Entenda porque os gatos deixam suas caixas de areia e resolvem marcar território
reprodução shutterstock
Entenda porque os gatos deixam suas caixas de areia e resolvem marcar território

Gatos

Em relação à marcação de território os gatos se assemelham aos cães, com uma diferença desagradável: alguns também tendem a defecar no local.

Pode parecer engraçado, mas os cães urinam para dizer quem é que manda, os gatos, para dizer que o local é deles. O mais curioso dos felinos é que sua urina tem o poder de afastar pretendentes do mesmo sexo e atrair os do sexo oposto, tudo isso, por conta da liberação de hormônios no ato. Assim como as cachorras, urinar pode dizer disponibilidade para o ato sexual.

Para mostrar seu estranhamento com novos ambientes os gatos agem da mesma maneira que os cães. Com um porém, é muito mais fácil identificar quando os bichanos agem por desobediência ou para marcar território, a partir de uma particularidade: o spraying. Nada mais é do que um apelido para o xixi lançado à jato. Eles geralmente são lançados para trás e deixam um cheiro forte.

+ Entenda o câncer de próstata e previna seu cachorrinho

Como controlar a marcação de território?

Há três opções para quem deseja amenizar esse hábito em seu bichinho de estimação:

  1. Castração: tanto para cães, como para gatos, quando feito antes do animal atingir sua maturidade sexual, a castração auxilia na diminuição da marcação de território. Para extingui-la é necessário somar a castração à reeducação do pet;
  2. Adestramento: é interessante contratar um adestrador profissional, que saberá instruir o pet da melhor maneira possível, ainda assim, os tutores do animal também podem educá-lo com pequenas atitudes domésticas;
  3. Atenção: um fator importante para diminuir a marcação de território é eliminar a solidão do pet. É preciso brincar, sair, dar carinho, atenção e deixá-lo seguro de que, após sua ausência, você irá voltar.  Além disso, impor limites e doutriná-lo incentivando as atitudes corretas e repreendendo as incorretas, para isso é necessário rotina e persistência, uma vez que nenhuma atividade pode ser deixada de lado.  

Quando estiver em casa com seu animalzinho, tente sempre recompensá-lo quando faz xixi no lugar certo e repreendê-lo quando não o faz. É necessário, também, atentar-se aos sinais, já que a marcação de território, como dito anteriormente, nem sempre quer dizer desobediência ou rebeldia por parte do PET. Sendo assim, entenda a natureza de seu animal e o que ele diz para você.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.