Tamanho do texto

Infelizmente podemos perder muitos dos animais nativos do Brasil

A realidade é bem triste: mais de mil espécies de animais correm risco de extinção no Brasil, segundo o Ministério do Meio Ambiente e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade.

+Você conhece a raça de gato mais cara do mundo?

Sabia que esses animais brasileiros correm risco de extinção?
Reprodução
Sabia que esses animais brasileiros correm risco de extinção?










 O que causa a extinção de animais no Brasil?

Uma espécie pode ser extinta por diferentes motivos, mas aqui no Brasil os principais motivos são o tráfico de animais, a poluição, as queimadas e o desmatamento dos habitats naturais desses animais, que dificulta em muito a luta das espécies pela vida.

Os animais que correm risco de extinção no Brasil

Sendo um dos países mais ricos do mundo em termos de biodiversidade, o Brasil possui animais em certas regiões que podem ser extintos em pouco tempo. Confira uma lista dos animais brasileiros que vivem em risco de extinção:

Tartaruga-oliva

A post shared by Emely Angeli (@emelyangeli) on




 Essa espécie sofre principalmente com a coleta de seus ovos e com o abate no período da desova, mas uma melhora vem acontecendo devido à projetos de conservação as tartarugas. Além disso, elas sofrem de outros problemas como a pesca e a caça, além da poluição das águas.

Soldadinho-do-araripe

A post shared by BioCangaço (@biocangaco) on


 A ave está desapareçendo por conta do desmatamento de sua casa, uma área restrita da caatinga que recebe o nome de Chapado do Araripe, no Ceará. 

É uma ave que vive na caatinga, em área restrita da Chapada do Araripe no Ceará.

Onça-pintada


Sendo o maior felino da América, a onça-pintada está em risco de extinção principalmente por três motivos: seu habitat tem sido destruído, sua bela pele que vale muito dinheiro e por conta de fazendeiros, que as caçam no intuito de proteger seus rebanhos.

Cervo-do-Pantanal

A post shared by Joisiane Araujo (@joisiaraujo) on


 Esse animal vive no Pantanal, na Amazônia e no Cerrado, e pode ser extinto devido a caça ilegal, ao desmatamento de seu habitat e também por conta da construção de hidrelétricas na bacia do Rio Paraná.

Muriqui-do-norte


Esse primata somente se encontra na Mata Atlântica, e está sofrendo com a caça e o desmatamento da região que habita. 

Tamanduá-bandeira

A post shared by Aurelice (@aurelicevasconcelos) on


Devido ao desmatamento e as queimadas que ocorrem nos biomas em que o tamanduá-bandeira vive (Amazônia, Pantanal, Mata Atlântica e Cerrado), ele está ameaçado de extinção. 

+Esses 10 gatos e cachorros fofos com certeza não vão brincar com abelhas de novo

Sapo-folha

A post shared by Neto (@neto_cardoso_) on


 Esse sapo foi descoberto recentemente, na Serra do Timbó, na Bahia. Infelizmente ele já se encontra em risco de extinção por conta do desmatamento de seu habitat para o cultivo de cacau e de banana.

Macaco-aranha

A post shared by Igor Machado (@igor_wildsp) on


 O tráfico de animais, o desmatamento e a caça ilegal são os maiores inimigos desse macaco que vive principalmente na Amazônia. 

Arara-azul




 A arara-azul sofre de todos os lados: suas coloridas penas possuem um grande valor de venda, e o tráfico e a caça ilegal são dois problemas que estão a colocando em risco de extinção. Além disso, o desmatamento de seu habitat natural também tem influenciado na queda da população de araras-azuis.

Mico-leão-dourado


 Residentre da Mata Atlântica, o mico-leão-dourado é afetado pelo desmatamendo e pelo tráfico de animais, o que resultou em uma perda quase total da espécie.

Saíra-militar




 O desmatamento e o tráfico ilegal de animais são os maiores problemas enfrentados por essa espécie, que é residente da Mata Atlântica.

+Vídeo: elefante para caminhão e se alimenta de batatas que eram transportadas

Lobo-guará

A post shared by Luiz Bertini (@luiz.a.bertini) on


 Esse animal está correndo risco de extinção devido ao desmatamento de seu habitat natural, no Cerrado, no Pantanal e nos Pampas.

Tartaruga-de-couro


 A maior espécie de tartaruga marinha do mundo sofre principalmente com a pesca ilegal, além da poluição dos mares. Em alguns países consumir a carne e o óleo dessa tartaruga não é legalizado, e o consumo dos ovos e abate das fêmeas também contribui para que a raça esteja em risco de extinção.

Ararajuba


Essa ave residente da Amazônia sofre com o tráfico e com o desmatamento de seu habitat natural.  

Udu-de-coroa-azul


A perda de seu habitat natural por conta do desmatamento da Amazônia, do Pantanal e da Mata Atlântica é o maior problema enfrentado por essa ave. 

Gato-maracajá




 Nos dias de hoje o maior inimigo da espécie é o desmatamento de seu habitat natural, mas durante muito tempo esse animal foi caçado para que sua pele fosse vendida.

+Você sabe qual a raça que inspirou esses cachorros da ficção?

Ariranha









A caça ilegal e a poluição dos rios são as duas maiores ameaças a vida da Ariranha, que se encontra no Pantanal e na Amazônia. 


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.