Uma postagem que mostra uma  gatinha muito fofa com as orelhas roxas por causa da violeta genciana , bombou no Facebook. Esse medicamento foi usado para cuidar de uma sarna que ela tinha, mas a utilização do remédio fez com que uma dúvida para donos de pets surgisse: podemos usar a violeta nos animais de estimação?

Apesar de ser uma substância muito usada em humanos, principalmente para tratar catapora em crianças e bebês, diminuindo a coceira, esse remédio não deve ser utilizado em cães e gatos.

“Existem estudos que a violeta genciana tem ação anti fúngica, mas isso para os humanos. Na pele do animal ela pode ser prejudicial e causar intoxicações”, explica a médica veterinária Carynn Dantas, do Crystal Pet & Spa.

gato coçando
reprodução shutterstock
Existem medicamentos eficazes para tratar problemas de pele em animais

Além de ter alta pigmentação, ou seja, manchar tudo que encosta, a violeta não é uma medicação desenvolvida para os pets, segundo Carynn. “Os efeitos colaterais são desconhecidos, e existem remédios muito mais modernos e eficazes contra doenças de pele do que esse.”

“Para a sarna, por exemplo, não existe nada que indique a eficácia para matar os ácaros causadores da doença”, finaliza Carynn. Por isso, o ideal é sempre consultar o médico veterinário antes de utilizar qualquer medicamento em seu animal de estimação.


    Veja Também

      Mostrar mais