Tamanho do texto

Os animais de estimação têm um papel muito importante na vida de seus donos, mas agora foi comprovado que eles ajudam os humanos a envelhecerem de forma saudável

Idosos que têm animais de estimação são mais felizes, segundo uma pesquisa da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos. O estudo mostra que os pets têm um papel importante no envelhecimento saudável dos humanos. Seja cachorro, gato ou pássaro, 90% dos idosos entrevistados revelaram que a companhia do animal os ajuda a se sentir mais amados e a aproveitar mais a vida. 80% deles garantem que o bicho ajuda a reduzir o estresse.

Leia também: Gato fofo invade casa para confortar homem recém operado

idoso e cães
shutterstock
Animais de estimação ajudam no envelhecimento saudável do ser humano


Para chegar nessa conclusão, foram ouvidas 2 mil pessoas de idades entre 50 e 80 anos, das quais mais da metade (55%) tinham animais de estimação. Os cães eram os mais recorrentes dentre os pets, seguidos por gatos, pássaros e hamsters. Por demandarem atenção e cuidados físicos, os donos de bichos são mais ativos, e consequentemente tem um envelhecimento saudável .

Leia também: Cachorro cava buraco no túmulo do dono para ficar mais perto dele

Por precisarem passear, os cachorros são os vencedores em manter seus donos ativos fisicamente. Além disso, 80% dos donos revelaram que os pets trazem um propósito para suas vidas. Outros 60% disseram que o animal de estimação ajuda a lidar com depressão, isolamento social e solidão.

Porém tudo tem um lado ruim: 54% dos entrevistados tem dificuldade de sair de casa ou de viajar por causa do pet, 18% confirmaram que os gastos financeiros aumentam, e menos de 6% afirmaram que as quedas, machucados e alergias aumentaram após a chegada do animal.

Apesar desses pequenos pontos negativos, fica claro que o envelhecimento saudável é uma das boas consequências de adquirir um animal de estimação. Por estar sempre perto e dar amor incondicional, eles trazem um tipo de felicidade que algumas vezes os humanos são incapazes de dar uns aos outros.