Tamanho do texto

Falta de apetite, corpo quente em determinadas áreas e fadiga, podem mostrar que seu cãozinho está com febre

Nós sempre cuidamos de quem amamos, certo? Sim! Entender e conhecer quais são os cuidados necessários com o seu pet é a melhor forma de mostrar todo o amor e o zêlo que possui por ele. Para isso, separamos 3 sinais que vão te ajudar a identificar quando o seu cãozinho está com um sintoma que é também muito presente na vida humana: a febre!

+ Vídeo de homem prestes a chutar um cachorrinho tem final surpreendente

Ela nada mais é que o corpo alertando "ei, eu estou cuidando de algo que não deveria estar aqui". A febre , que é o aumento excessivo da temperatura, está atrelada à necessidade do corpo de lutar com alguma infecção e, quando ignorada, pode acarretar sérios problemas de saúde ao cachorro. Sendo assim, segue alguns sinais que te ajudarão a identificá-la:

1. Fadiga

Confira alguns sinais que vão te ajudar a identificar se o seu pet está com febre
reprodução shutterstock
Confira alguns sinais que vão te ajudar a identificar se o seu pet está com febre


Um bom tutor consegue perceber quando algo na rotina do seu amigão não está certo, pois sabe exatamente qual a medida da sua agitação, bem como da sua preguiça. Portanto, é importante ficar atento aos sinais que o próprio pet dá. Se você não conhece bem o cotidiano do seu animal, precisa investir nessa sensibilidade. 

Ao destinar todas as energias para tratar da infecção, o corpo acaba ficando mole e apático. A tendência é que o cãozinho fique deitado e sem disposiçao para fazer suas atividades diárias e, justamente esse cansaço e moleza, pode ser um sinal de que ele está febril. 

2. Corpo quente

Confira alguns sinais que vão te ajudar a identificar se o seu pet está com febre
reprodução shutterstock
Confira alguns sinais que vão te ajudar a identificar se o seu pet está com febre















Assim como nos humanos, a febre também deixa o corpo dos cachorros mais quente que o comum. Porém, em nós, é costume sentir a testa ou nos braços para, só então, utilizarmos o termômetro. Com os cães é diferente. É preciso sentir em pontos específicos, como no abdômem e as orelhas, que são os locais mais frescos e mostrarão a mudança de temperatura mais facilmente. Caso ele apresente tremores, pode ser que a febre já esteja bem avançada.

+ Você conhece um gato com sobrancelha? Este tem e é a coisa mais fofa

Medir a temperatura dos cachorros não é uma tarefa tão simples, já que é feito por meio do retro com o termômetro e da orelha com um equipamento especial. Neste caso, há duas soluções: a primeira é levá-lo ao veterinário e ele mesmo medir,  a segunda é pedir para que ele te ensine a melhor maneira de fazer esse processo em sua própria residência.

3. Falta de apetite

Confira alguns sinais que vão te ajudar a identificar se o seu pet está com febre
reprodução shutterstock
Confira alguns sinais que vão te ajudar a identificar se o seu pet está com febre















Para alguns cachorros o simples fato de recusar petiscos ou comida é um agravante, já que alguns são comilões e mandam para dentro qualquer alimento. Assim como quando ficamos doentes, os cãezinhos podem sentir uma éspecie de mau-estar que inibe seu apetite e sua fome. 

Tendo em vista que a febre parte de uma infecção que o corpo está tentando combater, é importante que ele se alimente. Em meio a essas situações, o  correto é levá-lo ao veterinário que saberá a melhor forma de ele adquirir nutrientes sem forçá-lo, evitando indigestão e até vômitos.

+ Cão idoso: 10 sinais de que a velhice chegou para seu pet

Ao perceber que o seu cãozinho está com diferentes sintomas, ou qualquer outro citado a cima, é imprescindível a ida ao veterinário. Estes sinais servem para identificar a chegada da febre o quanto antes, mas só o médico saberá exatamente como tratá-la e qual o diagnótisco, bem como o medicamento exato para o cãozinho.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.