Tamanho do texto

A produção excessiva de saliva é característica de diferentes doenças e precisa ter uma atenção maior por parte do tutor

Qualquer comportamento estranho que o animal de estimação apresente pode ser uma preocupação para o dono e um indício de que ele está passando por algum problema. Por isso, o tutor deve conhecer muito bem as características do seu bichinho. Um cachorro salivando muito, por exemplo, pode ser relativo, já que algumas raças costumam babar muito mais do que as outras. 

+ 10 dicas para diminuir o calor do cachorro no verão

Porém, se o animal não está acostumado a salivar bastante no dia a dia e começar a apresentar baba em excesso um sinal de alerta deve ser acionado. Isso porque um cachorro salivando muito pode representar alguns problemas de saúde graves. Não é sempre que a condição vem acompanhada de outros sintomas. 

Um cachorro salivando em excesso pode ser preocupante
shutterstock
Um cachorro salivando em excesso pode ser preocupante

Confira algumas das possíveis causas da salivação. 

Torção gástrica

A condição faz com que o estômago se dilate e gire em torno dele mesmo, se fechando e fazendo com que o alimento que está lá fique preso. A partir daí o animal não consegue mais se alimentar direito. Além de apresentar dificuldades para evacuar e ânsia que não resulta em vômito, apenas em baba. 

Gengivite ou doença periodontal

A gengivite é o acumulo de placa bacteriana nos dentes do animal e, se não tratada corretamente, evolui para a doença periodontal . O cão que sofre com o problema sente dor nos dentes e pode ter dificuldade para mastigação. A produção excessiva de saliva nesses casos é uma tentativa do corpo de fazer uma limpeza na boca do cachorro. 

Raiva 

A doença incurável é uma zoonose , ou seja, pode ser transmitida também para humanos. Geralmente a salivação acompanha outros sintomas como agressividade, falta de apetite, agitação e convulsões. Quanto antes a doença for diagnosticada melhor, assim se evita que outras pessoas da casa fiquem doentes. O ideal é que todo animal seja vacinado contra a doença. 

Psicologia

Sentimentos como ansiedade, medo e nervoso fazem com que os animais mudem seu comportamento. Uma das alterações é o aumento na produção de saliva. 

via GIPHY


Objetos estranhos

Não tem como negar, cães são animais extremamente curiosos e adoram pegar qualquer coisa com a boca. O problema disso é que eles podem acabar com objetos presos entre os dentes, na gengiva ou até mesmo na garganta ou no estômago. Pedaços de madeira, de osso, de plástico, podem causas obstruções ou bastante incômodo para o animal e a maior produção de saliva é uma defesa que o organismo encontra para tentar acabar com o problema. 

Envenenamento

Depois da raiva, essa é a causa de salivação excessiva que mais causa a morte de animais. As toxinas estranhas ao corpo fazem com que o animal comece a babar na tentativa de eliminá-las. Vômitos e dificuldade de locomoção e de respiração costumam aparecer também. 

Portanto, o mais indicado para o dono que perceber o cachorro salivando em excesso é prestar bastante atenção o animal e levá-lo ao veterinário. Passar todas as informações de mudança de comportamento ou física para o profissional é de extrema importância para um diagnóstico preciso. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.