Tamanho do texto

Saiba o que leva ao excesso de salivação e quando se preocupar

É comum ver cachorros com água na boca quando estão olhando fixamente para aquela comida saborosa, mas um gato babando é uma cena mais incomum e dependendo do caso precisa ou não de cuidados. Pode ser considerado apenas um traço da personalidade dele, porém continua sendo incomum.

Leia mais:  Gato fazendo xixi na cama? Saiba os motivos e como resolver

Gato babando excessivamente pode ter vários motivos e é preciso ficar atento
Reprodução/ Shutterstock
Gato babando excessivamente pode ter vários motivos e é preciso ficar atento

Chamado de ptialismo ou sialorreia , o excesso de salivação é um problema comum entre os mamífros e o qual se manifesta por diferentes motivos. Se um gato babando em casa é novidade e não costumava ser um hábito comum, é um possível alerta para o tutor. No entanto, antes de se desesperar é importante saber as possíveis causas e como agir se o animal se apresentar assim de forma repentina. 

Vômito ou náuseas

É provável que o gato esteja babando sem parar por conta de algum problema de saúde que já teve ou ainda tem, como náuseas e vômito. Isso costuma acelerar a salivação, justamente porque o corpo do animal está se preparando para por para fora algo que não lhe fez bem. 

Se o felino apresenta esse sintoma já há alguns dias ou horas seguidas, o ideal é levá-lo imediatamente ao veterinário e buscar a causa exata. Normalmente no caso da doença renal um dos sinais é a salivação, bem como em complicações no fígado e no rim. 

Por outro lado, os gatos costumam engolir bolas de pêlo praticamente todos os dias e é um costume comum. Por isso, se a baba aparece depois de ele cuspir a pelagem ou algum objeto estranho, é uma reação normal do corpo e não precisa de preocupação. 

Medicamentos

Muitos medicamentos dão alguns efeitos colaterais não só em humanos, mas também nos animais. E com certeza uma das tarefas mais complexas e que exige paciência é dar remédio para gatos, ainda mais quando é em forma de xarope. Além de rejeitar ser pego no colo e segurado à força, depois de medicado é comum o animal começar a babar sem parar para tirar o gosto ruim da boca.

Alguns medicamentos, como xarope, pode provocar salivação excessiva em gatos
Reprodução/ Pinterest
Alguns medicamentos, como xarope, pode provocar salivação excessiva em gatos

Além de fármacos comuns, produtos antipulga e que eliminam carrapatos causam a mesma reação. Como são aplicados diretamente na pelagem do animal, ao lamber as patas, por exemplo, ele entra em contato com aquele líquido e o gosto com certeza não deve ser agradável. 

O certo, depois de um tempo, é ele parar de babar. Mas se continuar o melhor é procurar um veterinário porque o pet pode estar intoxicado ou com outro problema de saúde. 

Problemas dentários

Todo gato deve ter os dentes bem cuidados e escovados semanalmente se possível. Apesar de ser uma tarefa complicada, assim como dar o remédio, é necessário respirar fundo, ter paciência e colocar a mão na massa - ou melhor, na boca do pet. 

Quando o animal não tem essa parte do corpo bem tratada, pode desenvolver problemas dentários sérios, como cárie e tártaro. Mas isso ainda é ameno; o problema é quando aparecem infecções na língua, feridas ou úlceras. Nesses casos, a baba excessiva vem acompanhada de mau cheiro e até cores inusitadas, como verde ou vermelho - que pode derivar do sangue das feridas. 

O felino pode, ainda, estar com algum resto de comida ou de objeto entre o dentes ou preso na cavidade bucal. Pode até ser algum espinho ou osso de galinha que pegou sem o tutor perceber. É possível também estar com dificuldade para deglutir os alimentos, devido a outros problemas de saúde. A salivação, se vier com odor ruim e coloração diferente, pode incomodar o animal e é provável que ele perca o apetite. 

Veja também:  Gato vomitando? Confira o que fazer e os possíveis motivos

Estresse

Causa de inúmeras complicações na saúde geral do gato, o estresse é provocado por uma série de motivos. Um deles é a visita ao veterinário, que deixa qualquer felino tenso e exige uma preparação do tutor para ajudá-lo a manter a calma. 

Por algum motivo o bichano está estressado e apresenta vários sinais. Um deles pode ser a salivação constante e isso se deve à uma resposta do sistema neurológico. Quando o pet sente medo e nervosismo o cérebro envia ordens para o corpo reagir, já que não tem controle sobre a situação. E a baba é justamente resultado desse processo. 

Intoxicação, problemas dentárias e vômito são algumas causas do gato babando em excesso
Reprodução Pinterest
Intoxicação, problemas dentárias e vômito são algumas causas do gato babando em excesso


Intoxicação

Não é raro o gato mexer onde não é chamado, devido à sua curiosidade. Comer plantas, ingerir algum produto químico de limpeza ou perfume e até alimentos proibidos para ele fazem parte do que pode resultar em algo não muito bom para a saúde.

Se um felino foi envenenado ou de algum forma intoxicado , deve ser levado com urgência ao veterinário para fazer uma limpeza estomacal ou aliviar suas vias respiratórias, caso tenham sido prejudicadas. Um dos primeiros sinais de que ele ingeriu o que não deveria é a salivação excessiva. Nessa hora o pet vai precisar de um tratamento eficaz e rápido.

Mesmo que a intenção do tutor seja apenas ajudar, o melhor é não forçar o pet a vomitar, já que não se sabe a causa do problema. Por exemplo, se ele ingeriu água do vaso sanitário e colocá-la para fora, vai ter uma série de queimaduras cáusticas não só no estômago, mas em outros órgãos. 

Alegria

Pois é, por incrível que pareça o animal começa a babar justamente porque está gostando muito de um carinho ou de algum mimo de seu dono. Do mesmo jeito que os cães, ao perceber que vai receber sua comida favorita, ele começa a ficar com água na boca e ansioso para a refeição. O mesmo acontece ao perceber o cheiro da erva de gato. 

Leia mais:  Conheça os todos os testes de alergia para pets

Nesse caso não é necessário se preocupar com o gato babando. É apenas mais uma expressão de prazer e alegria por viver um momento muito bom. Mas é claro que se a saliva for excessiva um veterinário deve ser consultado para evitar problemas maiores. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.