Tamanho do texto

Saiba o que fazer e quais os possíveis motivos do sangramento nasal

É comum, em humanos, o nariz começar a sangrar e com muitos pets isso não é diferente. Por inúmeros motivos pode haver um cachorro sangrando pelo nariz e o tutor fica apavorado. Mas o ideal é tentar descobrir a causa e acalmar o pet, mantendo-o quieto e em um lugar arejado.

+É seguro pintar as unhas dos animais de estimação?

Cachorro sangrando pelo nariz: o que pode provocar esse problema?
shutterstock
Cachorro sangrando pelo nariz: o que pode provocar esse problema?


Um cachorro sangrando pelo nariz provavelmente está com problemas nas cavidades nasais e isso pode até ser um sinal de alguma doença. Pode ser fruto, ainda, de alguma pancada que o cão sofreu e é necessário tomar providências. É bom nessas horas ter conhecimento de primeiros socorros e saber mais ou menos como lidar com a situação, já que há chances de ser um quadro grave. É recomendado também levar o pet direto ao veterinário, para averiguar a situação por meio de equipamentos.

O que provoca o sangramento?

O sangramento pode ser causado pelo motivo mais brando e banal até o mais grave e sério. O animal pode simplesmente, por exemplo, ter brincado no quintal e entrou em contato com corpos estranhos. Uma pancada ou atropelamento pode ferir a cavidade nasal também e, nesse caso, a busca pelo médico deve ser imediata. O pet pode perder muito sangue e é perigoso.

+Pata machucada ou mordida de outro cão? Saiba como tratar feridas em cachorro

Cachorro sangrando pelo nariz: o que pode provocar esse problema?
Reprodução/ Pinterest
Cachorro sangrando pelo nariz: o que pode provocar esse problema?

Certas enfermidades também são expressas por meio do sangue saindo pelo focinho, como é o caso da erliquiose, doença do carrapato. A ingestão de venenos ou até a picada de cobras ou outros animais peçonhentos pode acarretar essa reação do corpo. Além disso, a infecção por fungos nas narinas, caso bastante raro, ainda é uma possível causa. Embora nem todo mundo preste atenção a esse fato, complicações nos dentes do cachorro são um fator influente no sangramento; pode indicar alguma inflamação e o veterinário deve ser consultado às pressas.

Coagulopatia é uma doença considerada rara que prejudica a coagulação do sangue e gera a hemorragia pelo focinho. Além disso, cães idosos, principalmente, são acometidos por tumores na região nasal e isso deve ser prevenido por meio de visitas constantes ao médico.

O que fazer se o cachorro estiver sangrando?

Nessas horas, o primeiro passo é conter a hemorragia com um pano, gaze ou pedaço de papel macio. Uma compressa gelada, com o uso de uma toalha e uma bolsa de gelo em cima, também ajuda a estancar o sangue e pode ser usado em casos mais brandos, como um acidente simples. Isso deve ser feito algumas vezes ao dia até parar de vez.  

+Seu pet se machucou? Confira as dicas de primeiros socorros

Cachorro sangrando pelo nariz: o que pode provocar esse problema?
shutterstock
Cachorro sangrando pelo nariz: o que pode provocar esse problema?

O ideal é tampar uma narina de cada vez, caso o sangramento seja contínuo, assim o tutor não prejudica a respiração do pet. Para isso basta usar um absorvente ou um paninho para conter. Um pedaço de algodão molhado em água oxigenada é outra alternativa. Se a hemorragia se mantiver no nariz do animal, é necessário levá-lo com urgência ao médico.

Nunca dê medicamentos ou qualquer produto por conta própria, mesmo que uma outra pessoa tenha indicado por ter certeza da eficácia. Cada situação é única e nada deve ser feito sem o consentimento de um especialista.

Dependendo da quantidade de perda de sangue, o cão pode apresentar anemia ou apresentar problemas para coagular. Nesse caso a internação pode ser uma saída, além da transfusão sanguínea em casos mais graves.  Normalmente depois de ingerir alguns medicamentos o animal já melhora. Se o cachorro sangrando pelo nariz apresenta tumor o tratamento é diferenciado e bem mais profundo.

+Seu pet pode ser protegido de parasitas com alguns cosméticos naturais

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.