Tamanho do texto

Seu gatinho também deve ser protegido da exposição ao sol

Nós seres humanos não somos que precisam de cuidados com o astro rei, e os gatos, principalmente os albinos, podem sofrer graves queimaduras solares e desenvolverem sérios problemas dermatológicos devido à exposição ao sol. 

+Gato vomitando? Confira o que fazer e os possíveis motivos

Você já ouviu falar em protetor solar para gatos?
Reprodução
Você já ouviu falar em protetor solar para gatos?


O protetor solar para gatos  é uma ferramente de proteção contra os raios ultravioletas que precisa ser levado a sério. A falta de uso do protetor pode causar, assim como nos seres humanos, melanoma ou câncer de pele nos bichanos.

Ainda que o gato tenha bastante pelos por todo o corpo, ele ainda necessita do protetor, já que não é só no tronco que ele pode se queimar. Locais como orelhas e focinho ficam mais expostos ao sol do que os outros, e por isso a atenção deve ser redobrada. Quanto mais claro forem os pelos do animal, mais intensificada deve ser a proteção pelo corpo todo.

+Descubra as melhores formas de exercício para gato

Os gatos pelados, como da raça Sphynx, precisam usar protetor solar diariamente em todo o corpo, mesmo que ele não saia de casa, ele precisa ser protegido de forma especial, pois ele não possui nenhuma proteção natural contra as agressões do sol na pele.

A post shared by Julie ML (@julie_ml_) on


O fator do protetor solar para gatos funciona como o das pessoas?

O protetor usado por seres humanos pode ser passado também no gato, mas em caso de prescrição veterinária. Entretanto, existem protetores solares de fatoração 30 fabricados exatamente para as especificações dos gatos, com uma fórmula que evita alergias e coceiras, sendo por esse motivo mais recomendável. 


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.