Tamanho do texto

Normalmente as calopsitas cuidam dos filhotes, mas o dono precisa ficar sempre atento em caso de abandono

A chance de calopsitas fêmeas e machos que convivem no mesmo espaço se reproduzirem é alta. Por isso, os donos que têm essa realidade em casa devem estar sempre preparados para a chegada de filhotes , mesmo que essa ave cuide muito bem das crias. 

calopsita no ninho arrow-options
Shuttersock
As calopsitas costumam se reproduzir com facilidade

Marta Brito Guimarães, veterinária e diretora do Grupo VetWings, explica que a preparação deve começar antes mesmo do nascimento dos filhotes de calopsita . "O ideal é que a visualização dos ovos no ninho seja sempre no mesmo horário para evitar que o casal tenha estresse. Esse condicionamento da ave com a visualização permitirá que o dono acompanhe o desenvolvimento do filhote e saiba se ele está sendo alimentado pelos pais." 

Leia também: Como escolher o melhor nome para calopsita?

Com as visitas diárias ao ninho, é possível ter uma ideia de quando os filhotes vão nascer apenas observando os ovos. "O nascimento ocorre através da bicagem da casca do ovo pelo filhote, então a casca fica rachada ou mesmo quebrada no local onde encontra-se o bico. A eclosão costuma acontecer de 18 a 23 dias após a postura dos ovos", conta a Dra. Marta. 

O indicado é aguardar o nascimento natural, ou seja, não ajudar na quebra do ovo e deixar que o filhote saia sozinho. Quando a calopsita está pronta para nascer é possível até escutar piados, mas é preciso ter paciência e esperar. 

filhotes de calopsita no ninho arrow-options
Shuttersock
Os filhotes de calopsita devem quebrar o ovo sozinhos

Após o nascimento, a responsabilidade do dono é manter a área onde as aves ficam sempre limpa e acompanhar de perto o desenvolvimento dos filhotes. A Dra. Marta explica que a alimentação deve ser dada preferencialmente pelos pais, por isso é importante fornecer comida adequada e de qualidade para eles. Caso o casal não esteja dando conta do recado, o dono deve fornecer papas para filhotes com a orientação de um veterinário especializado. 

Leia também: Brinquedos para calopsita são importantes para a saúde da ave

A garantia de saúde das novas aves está diretamente ligada à condição de saúde dos pais. Assim, a avaliação constante das calopsitas por um veterinário e exames que podem ser feitos no casal para a prevenção de doenças infecciosas são importantes. 

A partir de 1 mês e meio de vida os filhotes de calopsita se tornam mais independentes. O indicado é deixar a comida dos adultos disponível antes desse tempo, para que eles aprendam gradativamente a se alimentar observando os pais.