Tamanho do texto

Manter comida e água por perto do animal pode ajudar, além de brinquedos e panos quentes

Quem nunca passou pelo período de adaptação de um filhote chorando muito  recém-chegado em casa? Muitos tutores não sabem o que fazer para amenizar os choros e latidos do animal que ainda está se acostumando com o novo ambiente, principalmente no período da noite.

Leia também: Perigos presentes dentro de casa para seu animal de estimação

É comum que os filhotes, principalmente de cães e gatos, se sintam deslocados nos primeiros dias de casa nova, já que estão acostumados a dormir junto com seus irmãos. A veterinária Carolina Ferreira explica como deixa-los mais confortáveis e o que leva o animal a agir desta forma.

filhote triste
shutterstock
Filhote chorando muito pode estar com saudade dos irmãos


“Eles tendem a chorar muito nas primeiras noites porque estão acostumados a dormir juntos na presença da mãe e de outros filhotes . O choro é para chamar a atenção”, conta a veterinária. E eles sentem mais falta deste amontoado de animais do que da própria mãe em si. “Os filhotes tendem a sentir mais falta da companhia de outros animais e não necessariamente da mãe, isso porque até os 3 meses de idade eles dormem aninhados”, completa.

Deixar água e comida por perto do local onde o pet irá dormir é uma das atitudes que pode melhorar esse comportamento. “Deixar brinquedos, panos quentinhos, além de água e comida próximos é o primeiro passo para que eles se sintam melhores”, afirma Carolina.

Leia também: Medo de ter problemas com pet em condomínio? Saiba o que fazer

E, em vez de levar o animal para dormir junto, deve-se deixa-lo no lugar em que ele dormirá sempre, se não pode criar um costume em que ele só dormirá na presença do dono, o que é altamente prejudicial.

A veterinária finaliza explicando que não vê a opção de botar um relógio perto do animal, para simular os batimentos cardíacos, como uma opção eficaz. “Porém, a presença de som no ambiente pode ajudar”, completa.