Tamanho do texto

Os animais também podem cair na folia, mas cuidados com hidratação, proteção solar e guia são essenciais

Faltam 19 dias para o Carnaval 2019, mas em muitos lugares os bloquinhos e eventos do conhecido pré-carnaval já começaram. Nessa época, muitas pessoas aproveitam os finais de semana e o próprio feriado para caírem na folia e acabam passando boa parte do dia fora de casa. Mas, e os animais de estimação, como ficam? 

Leia também: Especialista dá dicas para tosar cachorro no verão; confira

Seu cachorro pode aproveitar o Carnaval 2019 ao seu lado
shutterstock
Seu cachorro pode aproveitar o Carnaval 2019 ao seu lado

Os cachorros, principalmente, são animais de companhia que valorizam muito a presença do dono. Por isso, parte o coração daixá-los em casa sozinhos por muito tempo. A boa notícia é que o dono, tomando alguns cuidados, pode aproveitar o Carnaval 2019 para curtir ao lado do seu bichinho de estimação. 

O veterinário Jorge Morais, da rede Animal Place, dá algumas dicas para aproveitar esse momento em segurança, confira. 

Hidrate o animal

Principalmente nos dias quentes, leve sempre um vasilhame e água potável. Ofereça para o animal sempre que possível para evitar a desidratação pelo calor. 

Além disso, se perceber que o bichinho está cansado, não force que ele gaste mais energia. É hora de voltar para casa. 

Escolha os horários mais frescos 

Evite ir para a folia com o pet em horários que as temperaturas são mais altas, normalmente, entre 12h e 15h. O calor pode queimar as patinhas do animal e até causar hipertermia

Passe protetor solar no animal

Cães e outros pets também desenvolvem câncer de pele e sofrem com queimaduras por exposição solar. Compre um produto específico para animais e espalhe principalmente nas orelhas, focinho e costas.

Guia adequada e identificação na coleira

A guia é a segurança do tutor para evitar que o animal se perca ou se machuque em locais movimentados. O melhor modelo é aquele que deixa o pet mais confortáve. Além da guia, é importante que na coleira tenha uma placa de identificação, com nome e telefone do dono. 

Fantasia na medida certa

Se planejou uma fantasia ou adereço para o seu pet, certifique-se que a mesma seja confortável e não cause nenhum incômodo. Glitter e tintas não devem ser usados, pois podem gerar reação alérgica.

O cachorro deve se sentir confortável com a fantasia
Reprodução Pinterest
O cachorro deve se sentir confortável com a fantasia

Leia também: Confira algumas inspirações para fantasiar o seu pet no Carnaval

Escolha do bloco

A escolha do local onde vai levar o pet para curtir o Carnaval também é muito importante. Evite blocos de alta procura, dê preferência para folias que acontecem em bairros pequenos e não juntam multidões. Em algumas cidades, inclusive, são organizados blocos especiais para animais, esse é o ambiente ideal. 

Atenção redobrada

Fique atento ao comportamento do animal. Muitas vezes os bichinhos não se sentem confortáveis em ambientes movimentados e com música alta. Se perceber que o seu cachorro não está confortável e está muito agitado, agressivo ou latindo, os bloquinhos de Carnaval não são adequados para ele, é melhor deixá-lo em casa. 

Para os donos que não gostam muito da folia e vão aproveitar o feriado do Carnaval 2019 para descansar e viajar, o Dr. Morais também recomenda alguns cuidados como hidratação, protetor solar e usa da guia.