Tamanho do texto

Quando a causa do vômito é simples, como ingerir um alimento estragado, é possível tratar com métodos caseiros

O vômito é um dos sintomas mais comuns quando há algum problema no corpo. É a maneira que o organismo encontrou para livrar o estômago de uma substância ruim que foi ingerida, como um alimento estragado. Portanto, se encontrou seu cachorro vomitando recentemente, fique atento ao seu estado de saúde.

Leia também: Cachorro vomitando? Saiba as possíveis causas e o que precisa ser feito

Vale lembrar que nem sempre esse sintoma está associado a alguma patologia. Às vezes, o animal comeu rápido demais ou está estressado, ocasionando essa reação no organismo. Ainda assim, é indicado procurar um veterinário para descobrir a verdadeira causa do cachorro vomitando . Casos mais graves necessitam de tratamento imediato. 

Contudo, quando o problema é simples, ou seja, o vômito não contém sangue ou qualquer outra substância estranha, é possível tratá-lo em casa. Existem várias alternativas caseiras que ajudam a controlar o gorfo e acalmar o estômago do pet. 

Identificando os tipos de vômitos

Um cachorro vomitando espuma branca ou amarela pode representar diferentes problemas de saúde, e necessitam de cuidados médicos imediatamente
shutterstock
Um cachorro vomitando espuma branca ou amarela pode representar diferentes problemas de saúde, e necessitam de cuidados médicos imediatamente

Antes de tratar o animal em casa, é importante saber identificar a gravidade da condição. Em situações mais sérias, o vômito pode ser provocado por infecções virais, bacterianas ou parasitárias, alergias e intolerância alimentar. É conveniente procurar um veterinário o quanto antes nesses casos, principalmente se a condição for seguida de outros sintomas.

Quando o problema é motivado pela ingestão de alimentos tóxicos, elementos não digeríveis, estresse ou mudança na dieta, dá para tratar em casa. Nesses casos, o sintoma se deve ao fato do animal ter comido algo que não deveria, não estando ligado a uma patologia. 

Se o seu cachorro vomita com muita frequência, consulte o veterinário o quanto antes, pois essa situação não é normal e é preciso verificar o estado de saúde. Isso pode indicar que o animal tem um problema grave, como obstrução, e necessita de soro e cirurgia.

Leia também: Cachorro vomitando espuma? Saiba as possíveis causas e tratamentos

Por outro lado, quando o sintoma aparece apenas de forma esporádica e o pet consegue reter a água que ingere, alguns métodos caseiros podem ajudar o problema. 

Dicas caseiras para controlar o vômito

Boa parte do líquido do corpo é perdida durante o vômito e diarreia, por isso é preciso repô-lo de forma controlada
reprodução shutterstock
Boa parte do líquido do corpo é perdida durante o vômito e diarreia, por isso é preciso repô-lo de forma controlada
  • Jejum de 12 horas

Quando o animal come algo que não fez bem, não tente parar o vômito. Nessas situações é melhor deixá-lo expulsar o alimento ruim, pois só assim conseguirá melhorar. A primeira dica é não oferecer comida durante as primeiras 12 horas e, passado esse período, ofereça apenas 1/8 da dieta habitual.

Se ele não recusar, vá aumentando gradativamente a quantidade de comida ao longo dos dias até que volte ao normal. Opte por oferecer alimentos mais leves e nutritivos para repor o que foi regurgitado, como fruta e legumes.

  • Água em abundância

Boa parte do líquido do corpo é perdido durante o vômito e a diarreia, por isso é preciso repô-lo de forma controlada. Ofereça água em pequenas quantidades para garantir a hidratação do pet, mas não deixe que beba tudo de uma vez pois é provável que vomite novamente.  

Caso ele tenha dificuldades para ingerir, uma opção é dar diretamente na boca com o auxílio de uma seringa sem agulha. Outra opção é colocar cubinhos de gelo no bebedouro e deixá-lo lamber.

Bebidas isotônicas ou carbonadas também podem ser usadas, pois contém açúcares e isótopos necessários para o organismo e ajudam no tratamento. Mas, consulte o veterinário antes sobre oferecer esses líquidos. Lembre-se que é muito importante manter o cachorro hidratado para recuperar totalmente.

Leia também: Cachorro vomitando e evacuando sangue? Cuidado, pode ser parvovirose

  • Iogurte

Assim como os humanos, os cachorros também têm bactérias benignas dentro do intestino delgado que ajudam na digestão. Durante o vômito e diarreia elas são eliminadas e precisam ser repostas, e o iogurte é indicado par essa tarefa. Opte pelos modelos naturais, com pouco açúcar e corantes. 

  • Chá de  menta ou gengibre 

Ambas as ervas são ótimas para problemas no estômago e controle do vômito. Para o chá de menta, ferva com um pouco de água algumas folhas da planta. Deixe esfriar e ofereça conforme o peso do animal. Se o cachorro tiver 7 Kg, coloque 7 colheres de sopa de chá três vezes ao dia. Vá adaptando conforme os quilogramas do animal. 

Já para o chá de gengibre, corte alguns pedaços e ferva em água por 15 minutos. Deixe esfriar e ofereça de acordo com o peso do pet, ou seja,  número de colheres de sopa equivale à metade do peso. 

  • Não ofereça alimentos humanos

Como o estômago do cachorro está sensível, irá digerir com maior dificuldade alimentos humanos. Evite oferecê-los enquanto o animal não se recupera.

Evitando que o cachorro vomite novamente

Os tratamentos caseiros só devem ser feitos se o vômito é motivado por causas simples, como ingerir alimentos estragados
reprodução shutterstock
Os tratamentos caseiros só devem ser feitos se o vômito é motivado por causas simples, como ingerir alimentos estragados

A melhor forma de evitar vômitos é oferendo uma dieta de qualidade e impedindo que o cão ingira alimentos proibidos. Compre apenas boas rações, com todos os nutrientes necessários para o organismo. Se possível, administre uma alimentação natural e caseira.

Leia também: Confira dicas de especialista para melhorar a alimentação do cão

Tenha bastante cuidado ao oferecer comida humano ao pet. Boa parte do que ingerimos é industrializado ou muito temperado, o que faz mal aos peludos. Além disso, não o deixe comer lixo e coisas encontradas na rua. Seguindo essas dicas dificilmente encontrará seu cachorro vomitando novamente. 

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.