Tamanho do texto

O animal deve ser acomodado do jeito certo para evitar acidentes e multas de trânsito

É muito comum os donos usarem o carro para levar seu canino a lugares mais distantes, como parques, viagens ou veterinário. A maioria das pessoas não se preocupa com medidas de segurança, ainda mais quando o trajeto é curto. No entanto, é necessário acomodar o cachorro no carro do jeito certo para evitar acidentes e multas. 

Leia também: Cinto de segurança para pets é importante? Saiba tudo sobre o assunto

Pensando nisso, o mercado para pets desenvolveu diversas formas seguras para transportar um cachorro no carro sem problemas. Ao todo são quatro opções disponíveis para o dono escolher baseado no comportamento do animal e porte físico. Conheça mais cada um e veja qual se encaixa em seu estilo de vida.

Cinto de segurança canino

O cinto é fácil, prático e de rápida instalação, podendo ser deixado no porta luvas do carro, afinal não ocupa muito espaço
reprodução shutterstock
O cinto é fácil, prático e de rápida instalação, podendo ser deixado no porta luvas do carro, afinal não ocupa muito espaço

O cinto se assemelha muito ao presente no carro para as pessoas. O formato é semelhante ao de uma coleira peitoral e vem com um adaptador para que seja preso no encaixe do cinto se segurança . Dessa forma, o animal fica preso no banco, mas com certa liberdade para se movimentar, sentar e até deitar. 

Além de proteger o pet de um arremesso ou impacto em caso de acidente, oferece segurança para o motorista que não tem sua atenção distraída pelo animal. O cinto é fácil, prático e de rápida instalação, podendo ser deixado no porta luvas do carro, afinal não ocupa muito espaço.

Caixa de transporte

A caixa de transporte é indispensável na hora de viajar, seja de carro ou de avião
reprodução shutterstock
A caixa de transporte é indispensável na hora de viajar, seja de carro ou de avião

A caixa de transporte já é velha conhecida doa animais de estimação. Ela é extremamente segura e indicada para todos os momentos que precisar transportar o cachorro. Dentro do carro, basta colocá-la no banco traseiro e prender com a alça do cinto de segurança. 

Observe se seu companheiro aceita ficar preso na caixa, se não essa opção será bastante estressante. É importante acostumá-lo antes para proporcionar um passeio calmo e agradável.

Leia também: Saiba como ensinar seu cão a se acostumar com a caixa de transporte

Cadeira de carro

O pet não pode ser transporta solto no carro, pois corre risco de vida e o motorista pode ser multado
reprodução shutterstock
O pet não pode ser transporta solto no carro, pois corre risco de vida e o motorista pode ser multado

Essa é uma ótima opção para quem tem cães pequenos e que não gostam da caixa de transporte . A cadeirinha é uma espécie de cesto que é preso ao banco com o cinto de segurança e segura o cachorro usando uma presilha. 

É bastante seguro, pois impede que o pet fique circulando pelo veículo e atrapalhando o motorista. Em caso de acidente, o cesto segura o animal dentro e evita fortes colisões. 

Grade divisória

Não deixe de adquirir os itens, pois só assim poderá transportar o cachorro no carro em segurança
reprodução shutterstock
Não deixe de adquirir os itens, pois só assim poderá transportar o cachorro no carro em segurança

Essa é indicada principalmente para cães de grande porte. A grade separa os bancos traseiros dos dianteiros, impedindo que o cão atrapalhe o motorista. Contudo, o item deve ser usado junto com o cinto de segurança, senão o animal fica solto no banco de trás e continua correndo risco. 

Leia também: Como ter uma viagem de carro com cachorro tranquila

Esses itens podem ser encontrados em grandes pets shops e o valor geralmente varia de acordo com o tamanho do animal. Não deixe de adquiri-los, pois só assim poderá transportar o  cachorro no carro em segurança. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.