Tamanho do texto

A especialista em comportamento animal Renata Ragazini sanou as principais dúvidas do donos em relação a passeio

Os tutores sabem que passear com cachorro é uma atividade necessária e importante. "Independentemente de viverem em um grande quintal, de brincarem todo dia ou de terem a companhia de outro animal em casa, passear é uma necessidade básica", explica Renata Ragazini, especialista em comportamento animal e passeadora da DogHero, aplicativo que conecta donos a passeadores e anfitriões.

Leia também: Os problemas que podem acontecer quando o dono for passear com cachorro

Além de todos os benefícios para a saúde, passear com cachorro resulta em muita felicidade e alegria. Para a maioria dos pets basta o dono dizer "vamos passear" que eles pulam de alegria e abanam o rabo sem parar. Mas será que você está fazendo essa atividade corretamente? Para sanar algumas das dúvidas recorrentes, Renata separou algumas dicas.

Como fazer proporcionar o melhor passeio para o cachorro?

Além de todos os benefícios para a saúde, passear com cachorro resulta em muita felicidade e alegria
reprodução shutterstock
Além de todos os benefícios para a saúde, passear com cachorro resulta em muita felicidade e alegria

Primeiramente, esteja sempre em dia com o controle de pulgas e carrapatos, vermífugo, vacina V8 ou V10 e contra raiva. Isso irá garantir que outros animais não sejam contaminados. Não se esqueça de verificar se os acessórios necessários para o passeio estão em ordem, como a coleira de identificação. Em caso de fuga, esse pequeno objeto garantirá a volta dele. 

Antes de sair, certifique-se que a temperatura do chão está agradável para o cão caminhar. "Uma dica boa é encostar as costas da sua mão na superfície por 10 segundos. Se você suportar, significa que está adequado para o cão", explica Renata. Por último, não deixe de levar água e petiscos para repor as energias. 

Passear com ou sem coleira?

A melhor opção de coleira são aquelas de peitoral com engate na frente, chamada anti-puxão
reprodução shutterstock
A melhor opção de coleira são aquelas de peitoral com engate na frente, chamada anti-puxão

Por mais que o canino seja adestrado e educado, não é recomendado sair com ele sem guia. "As chances de um acidente acontecer, como um atropelamento, ou comer algo indevido, sem você ver são muito altas", diz a especialista. 

Leia também: Passear com cachorro melhora a qualidade de vida de toda a família

A melhor opção são aquelas de peitoral com engate na frente, chamada anti-puxão. Segundo Renata, coleiras de pescoço aumentam as chances de correr glaucoma. Por isso é melhor evitar esse modelo.

Onde levar o pet para passear?

Leve o cachorro para passear em locais calmos e pouco movimentados
shutterstock
Leve o cachorro para passear em locais calmos e pouco movimentados

Em relação a onde levar o cão, opte por locais calmos e pouco movimentados. Se for um ambiente já frequentado por outros cachorros, fique atento a linguagem corporal deles. Por exemplo, se um pet lamber o nariz, bocejar ou sacudir como se tivesse acabado de sair de um banho, significa que ele está estressado e as chances de uma briga iniciar são grandes.

Tente acalmar seu companheiro e afastá-lo do outro animal. O importante é evitar que a disputa comece. Se for preciso, troque de local ou o horário dos passeios para impedir encontros desagradáveis.

Contrate um dog walker se necessário

Hoje em dia já existem aplicativos e sites que trabalham com dog walker e ofereçam um serviço seguro e de qualidade
reprodução shutterstock
Hoje em dia já existem aplicativos e sites que trabalham com dog walker e ofereçam um serviço seguro e de qualidade

Nem todos os tutores tem tempo de levar o cão para passear e, para não deixar o cão sem atividade física , a opção é contratar um dog walker . Encontre um que seja de confiança e saiba lidar com imprevistos. Hoje em dia já existem aplicativos e sites que trabalham com esses profissionais e ofereçam um serviço seguro e de qualidade.

Leia também: Como passear com cachorro sem puxar a coleira?

Mesmo que você seja ocupado, o mais importante é não deixar de passear com cachorro . Diversos problemas de saúde e comportamento podem ser evitados com atividade física.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.