Tamanho do texto

Para evitar problemas e garantir a segurança do pet é importante seguir as dicas e se preocupar com todos os detalhes

O mês de junho é lembrado principalmente pelas festas juninas. As comemorações acontecem nas escolas, bairros, igrejas, residências... Em qualquer lugar pode ser comemorado o dia de São João, basta decorar o ambiente, se vestir a caráter e preparar as comidas típicas. Mas e os bichinhos de estimação? Tem espaço para eles ou devem ficar em casa?

Leia também: Como lidar com cachorros que demonstram ter medo de pessoas

Tutores apaixonados por festas juninas não precisam mais deixar os peludos sozinhos, pois eles também podem participar das comemorações. No entanto, é preciso tomar alguns cuidados. Confira sete dicas para curtir o dia de São João ao lado do pet com total segurança.

Os pets não precisam mais ficar em casa enquanto os donos aproveitam as festas juninas
reprodução shutterstock
Os pets não precisam mais ficar em casa enquanto os donos aproveitam as festas juninas

Certifique-se que o local aceita pets

Algumas escolas e igrejas, por exemplo, não aceitam a presença de animais. Por isso, antes de escolher a festa, certique-se que seu companheiro pode entrar. De qualquer forma, o melhor é sempre optar por comemorações feitas especialmente para pets.

Alimentação

Muito cuidado com o que seu companheiro come na festa. Pipoca, paçoca, milho, cachorro quente... nenhuma das comida típicas faz bem para a saúde dele. O ideal é alimentar o pet antes de sair de casa e ficar de olho para não comer nada do chão ou das mesas. Priorize as festas que tem um local com itens feitos para animais.

Leia também: Como acabar com o medo de barulho dos cachorros?

Fantasias e acessórios caipiras

A parte mais fofa da comemoração é vestir o bichinho a caráter, com roupas e adereços caipirinhas. Por mais que seja lindo ver seu amigo fantasiado, jamais o force a se vestir assim. Só use peças que o pet fique confortável e, se perceber que está incomodado, retire. Uma dica é deixá-lo vestido só durante o desfile ou concurso (caso tenha) e depois tirar para que brinque livremente. 

Não se esqueça da guia

Nem todas os eventos caipiras são em locais fechados. Para que não haja o risco dele fugir e desaparecer, mantenha-o na guia, mesmo que o canino seja extremamente obediente. Caso o evento seja fechado, pode soltá-lo, mas não deixe de por a coleira com identificação. 

Confira algumas dicas para curtir as festas com total segurança ao lado do pet
reprodução shutterstock
Confira algumas dicas para curtir as festas com total segurança ao lado do pet

Não solte fogos e biribinhas

Não vá a festas que soltem fogos, rojões e biribinhas. A audição dos animais é muito sensível, por isso ficam estressados e assustados quando escutam barulhos muitos altos. Em comemorações feitas especialmente para pets, esse tipo de artifício é proibido. Lembre-se também de ficar longe das caixas de som.

Nada de festas com fogueira

Por mais que seja óbvio, sempre vale reforçar: não vá às festas juninas com fogueira. Mesmo que ocorra em espaço aberto e os pets fiquem presos na coleira, é melhor evitar acidente. Qualquer descuido pode acabar com a alegria de todos os convidados. 

Leia também: A Copa do Mundo está chegando e você precisa preparar o seu cachorro 

Não force o pet a ir às comemorações

Mesmo que seja divertido para os donos levar o companheiro nas festas juninas , o bichinho pode não pensar igual. Se ele não se sentir a vontade no evento, volte para casa. O mesmo vale para as brincadeiras. Preze sempre o bem-estar do pet.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.