Tamanho do texto

Fora da natureza as garras dos coelhos não se desgastam sozinha, então essa tarefa se torna responsabilidade dos donos

Cortar as unhas é uma tarefa necessária para a grande maioria dos animais de estimação, inclusive os coelhos. Na natureza, as garras são naturalmente gastas por causa do solo e do estilo de vida selvagem que levam. Entretanto, é muito difícil que isso aconteça quando o bichinho vive em ambiente urbano. 

Coelho: principais características e cuidados

É por isso que esse roedor também precisa cortar as unhas de vez em quando, evitando que ele arranhe a si mesmo, você ou os outros animais da casa. Além disso, garras compridas podem causar dores ao coelho quando ele salta. Normalmente, o momento para cortar é quando as unhas se dobram ou você consegue ouvi-las batendo no piso.

A frequência de corte irá depender da velocidade que as garras crescem. Na maioria das vezes o corte precisa ser feito a cada quatro ou seis semanas. As unhas das patas da frente ficam maiores mais rápido do que as traseiras, então o corte deve ser feito com regularidades diferentes. 

As unhas do coelho também precisam ser aparadas de vez em quando
reprodução shutterstock
As unhas do coelho também precisam ser aparadas de vez em quando

Como cortar as unhas em casa?

Aparar as unhas de um coelho é muito parecido com cortar as de um gato. Então, se você tem um bichano não terá dificuldades no trabalho. Caso seja inexperiente, basta seguir as dicas que se sairá muito bem.

Antes de começar, consiga um ajudante. Ele irá segurar o coelho enquanto você apara as garras. Evite realizar a tarefa sozinho, pois esses roedores são bem fortes quando se sentem ameaçados. Vocês dois precisarão estar bem calmos, pois o nervosismo pode deixar o animal alerta. Faça carinho e diga palavras carinhosas até ele ficar relaxado.

O que você precisa saber antes de adotar um coelho?

Caso perceba que o pet começou a ficar inquieto, pressione ligeiramente suas ancas e lados. Esta ação lembra o movimento apertado de outros coelhos quando estão na toca. Se nada resolver e ele continuar se contorcendo, enrole-o numa toalha. Deixe apenas a cabeça e as orelhas para fora, então aos poucos tire para fora uma pata de cada vez. 

Para a tarefa, será preciso comprar um corta unhas especial para coelhos ou, no máximo, para gatos. Enquanto o ajudante segura o animal, pegue uma pata por vez e retire o pelo ao redor. Faça pequenos cortes, respeitando a forma naturalmente inclinada. É preciso ter muito cuidado na hora que for aparar. Assim com os gatos, as garras dos coelhos têm vasos sanguíneos que se forem cortados podem causar dores e sangramentos. 

É preciso ter muito cuidado para não machucar o coelho durante o corte
reprodução shutterstock
É preciso ter muito cuidado para não machucar o coelho durante o corte

Uma dica para saber exatamente em qual altura corta é observar uma secção branca que dentro há uma pequena parte vermelha, esses são os vasos sanguíneos. Se as garras forem escuras, coloque uma luz para achar a zona certa. Após detectar o local, mantenha o cortador bem longe e apare apenas as pontas. 

Caso corte um dos vasos por acidente, aplique um hemostático para coagular o sangue. Fique de olho na recuperação das unhas. Caso piore, leve-o imediatamente a um veterinário. 

A fêmea engravidou? Saiba como cuidar dos filhotes de coelho

Não consigo cortar as unhas, o que fazer?

Caso você tenha medo e/ou não se sente seguro de cortar, peça ajuda a um conhecido mais experiente. Porém, o recomendado é consultar um médico veterinário. Ele saberá aparar corretamente e ainda poderá te ensinar. Lembre-se que o mais importante é a saúde do coelho, então na dúvida sempre peça auxílio a um profissional.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.