Tamanho do texto

Arranhar é um instinto natural dos gatos, de forma a manter as unhas sempre afiadas e novas

Os gatos são ótimos arranhadores. Sua garras, quase sempre afiadas, podem fazer um belo estrago e às vezes você é a vítima. Quem é dono de felinos sabe que ser arranhado é um risco diário. Fora isso, os móveis da casa também são grandes potenciais a serem estragados pelas garras. Para que nada mais seja destruído, as unhas de gato precisam de total dedicação. 

Mais:  Soluções para fazer seu gato parar de arranhar os móveis

Para quem não sabe, cuidar bem das garras é muito importante para o desenvolvimento saudável do gato. Não fique bravo se o seu pet tem o costume de arranhar o sofá, cortinas, poltronas e até você às vezes, isso é um instinto natural dos bichanos para manter as garras sempre novinhas. Do mesmo modo que eles usam a língua para se limpar, as unhas de gato precisam ser constantemente afiadas. 

Diferente do que muitos acham, arranhar não é uma ação agressiva. Na verdade, tal atitude é necessária porque, com o passar do tempo, as garras ficam envelhecidas e é arranhando que ele elimina a cobertura antiga, deixando nova e mais afiada. Nós humanos temos ações bem parecidas com as dos gatos. A nossa unha também cresce e, para deixá-las bonitas ou menores, nós lixamos ou cortamos. Com os felinos é a mesma coisa. 

Arranhadores são a melhor opção para manter as unhas de gato sempre aparadas
Reprodução Pinterest
Arranhadores são a melhor opção para manter as unhas de gato sempre aparadas

Entretanto, não é só para eliminar a parte envelhecida que os gatos arranham. Unhas compridas os incomodam bastante e isso pode ser perigoso até para você. Eles ficam nervosos e arranham qualquer lugar, incluindo seu braço. Mais um motivo para sempre mantê-las aparadas. Além disso, as unhas também são a proteção e defesa do animal.

Portanto, comece a dar mais atenção as unhas do gato para que nada seja arranhado sem querer. Lembre-se que garras aparadas é uma ótima maneira de acalmar e diminuir os níveis de estresse do pet, assim como preservar sua pele de arranhões e mantêm seus móveis intactos. Confira agora algumas dicas para ajudar nos cuidados com as unhas do felino. 

Leia também:  Redes de proteção em casa evitam acidentes envolvendo os pets

Adquirindo arrannhadores

Os arranhadores são praticamente indispensáveis para donos de gatos, pois servem justamente para este propósito. Eles são ótimos para ajudar o felino a relaxar e aparar as unhas de maneira natural. A melhor parte deste objeto é que os gatos podem ser ensinados a usá-lo. Do mesmo modo que aprendem a usar a caixa de areia, também podem aprender a usar o arranhador. Será preciso apenas um pouco de tempo e paciência para adestrá-lo.

Existem vários tipos no mercado, com diferentes modelos, tamanhos e cores. Procure um que seja do tamanho do animal quando ele estiver esticado e em pé. O objeto tem que ser firme, não amassar e nem entortar com o peso do gato. Experimente e veja se o modelo se adequa bem ao animal. Coloque o arranhador num local estratégico, para que o pet compreenda que aquele é o local para arranhar. 

Fique atento ao estado do objeto. Por ser bastante usado, pode se desgastar facilmente, acumular sujeira e cheiros, levando ao desinteresse do gato. Se o animal perder o gosto pelo arranhador, possivelmente voltará a arranhar a mobília. Para evitar, troque o objeto sempre que o felino ignorá-lo, evitando futuramente dor de cabeça.

Caso ele não se interesse pelo arranhador, invista em outros tipos de objetos para que possa passar a unha. Veja qual deles desperta um gosto maior.

Cortar as unhas

Cortar as unhas do gato não é uma tarefa para inexperientes, então peça ajuda a um profissional
Reprodução Pinterest
Cortar as unhas do gato não é uma tarefa para inexperientes, então peça ajuda a um profissional

O corte das garras dos felinos precisa de atenção, pois não é tão simples. Diferente da nossa unha, a dos gatos ficam totalmente expostas na pata e ligadas diretamente aos ossos e a uma grande quantidade de terminais nervosos e vasos. Por isso, se forem cortadas erradas, podem causar muito dor. 

Veja também:  Saiba qual arranhador para gatos é o ideal para seu pet!

A camada de queratina é a única parte que deve ser cortada ou aparada, mas para pessoas inexperiente, encontrar o local correto de corte é bem difícil. É preciso prestar atenção na marcação que os vasos sanguíneos deixam, pois, até um certo ponto, a unha pode ser cortada tranquilamente sem o gato sentir dor. Nos felinos com as garras brancas, é bem mais fácil identificar este ponto, sendo possível ver os vasos vermelhos. Mas, em unhas escuras, fica bem mais complicado. 

A melhor solução é pedir ajuda a um veterinário. Ele saberá cortar da forma correta e até te ensinar nas próximas vezes. Caso opte por aparar em casa, é essencial adquirir acessórios específicos, como tesouras e cortadores próprios para gatos. Grandes pets shops provavelmente vendem. Durante o processo de corte, faça uma pequena pressão na pata do animal para que as unhas saiam um pouco para fora. Tenha bastante calma e cuidado para não machucá-lo. 

Para que o momento de corte não seja estressante, é importante que os donos acostumem os gatos desde cedo. É normal eles se assustarem se nunca passaram por este momento. O fato de aprender, ainda filhote, que é preciso cortar as unhas regularmente irá evitar que reaja de forma ruim. 

Unhas postiças

Usar unhas postiças é uma opção para se proteger dos arranhamentos, mas não é a solução mais efetiva
Reprodução Pinterest
Usar unhas postiças é uma opção para se proteger dos arranhamentos, mas não é a solução mais efetiva

Pode parecer estranho num primeiro momento, mas é uma alternativa para evitar o arranhar constante do bichano. Elas são feita de materiais como borracha, gel e silicone. Lojas de animais moderna costumam vender. É preciso bastante cuidado na hora de aplicação e, se necessário, peça ajuda a um profissional. 

Leia mais:  Como acostumar o felino com um filhote de gato recém-chegado

Vale ressaltar que, caso opte pela unhas postiças, elas não farão as garras pararem de crescer e, quando muito grandes, causarão incômodo ao animal. Além disso, nem sempre os bichanos aceitam este acessório, não sendo uma solução ideal. Por isso, aparar as unhas de gato acaba sempre sendo uma opção a considerar.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.