Tamanho do texto

Como acostumar o pet? Em quais casos utilizá-la? Tire todas as dúvidas

Focinheira costuma ser um tema polêmico entre os tutores de cães, já que existe bastante preconceito em torno do assunto. Muitos demoram para entender os reais benefícios do objeto e só conseguem associá-lo a pontos negativos, como feiura, agressividade e desconforto. Sob pressão e estressado o cão pode, sim, morder e se tornar agressivo, mas isso pode ser tratado.

+Cinto de segurança para pets é importante? Saiba tudo sobre o assunto

Saiba tudo sobre focinheira e acostume o pet
Reprodução/ Redes Sociais
Saiba tudo sobre focinheira e acostume o pet


Alguns tutores alegam que a focinheira é uma agressão ao cão, que o sufoca e que seu cão detesta (mesmo sem nunca ter usado). Para não traumatizar e irritar o pet é importante fazer uma adaptação correta para que ele aceite o objeto como algo agradável. Uma guia e um enforcador de metal podem ser bem piores e machucar o animal . Para garantir o conforto do cão, é recomendável que a focinheira seja de qualidade.

Esse método de prevenir mordidas do cão não é igual o uso de uma mordaça e não tem porque ser tão temido. Esta, sim, é uma agressão ao animal, já que dificulta a respiração, o latido e o impede de beber água. Além disso, no Brasil as focinheiras costumam ser confortáveis, bem ventiladas e não impedem o cão de realizar suas funções normalmente.

+Pensa em adotar um cão? Confira as vantagens de ter uma fêmea

Saiba tudo sobre focinheira
Reprodução/ Redes Sociais
Saiba tudo sobre focinheira





Benefícios da focinheira

  • O veterinário pode examinar o cão sem receio de ser mordido e o animal ainda é beneficiado com melhor diagnóstico e tratamento.
  • Os profissionais do banho e tosa trabalhar melhor e o cão fica mais bem cuidado.
  • O pet consegue participar da socialização sem que ele morda.
  • Em situações que demandam segurança para o cão e para terceiros, a focinheira é essencial.
  • Isso também propicia mais qualidade de vida ao cão e à população em geral.

Acostume seu cão a usar 

A adaptação deve acontecer aos poucos e demanda um certo tempo. Para ser ainda mais agradável é bom associar sempre às coisas que dão alegria ao pet, a fim de evitar uma possível rejeição. A ideia é colocar a focinheira por poucos minutos, inicialmente, no local onde o cão vive e, assim que retirá-la, dê alguma recompensa como petisco, brinquedo e carinho.

via GIPHY


De primeira, é normal o cachorro querer tirá-la, mas acalme-o e não deixe-o fazer isso. Só retire o objeto depois que ele estiver calmo e dê as devidas recompensas.

+E se seu pet fugir? Use a placa de identificação para protegê-lo

Durante a adaptação, se tudo ocorrer normalmente, a focinheira poderá ser usada por períodos mais longos e em qualquer situação, sem que ele fique incomodado. A maioria dos cães não tem idade certa para iniciar esse processo, mas quanto mais cedo começar, mais rapidamente o cão estará habituado.

Depois de já acostumado, não é necessário colocar a focinheira sempre que for levá-lo para passear. Exceto no caso de raças que são obrigadas por leis usá-la em determinadas localidades.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.