A cara de "pidão" já é velha conhecida dos donos de cachorro , o problema é quando muitos deles não aguentam e acabam dando um pedaço do que estão comendo para o animal. Cleber Santos, adestrador e proprietário da CompotPet, afirma que a relação dos cães com a comida é bem diferente da que os humanos têm. "Muitos alimentos que são bem tolerados pelo organismo humano podem promover um verdadeiro estrago no corpo dos cachorros”, alerta. 

Diarreia, pancreatite, náusea e obesidade são apenas alguns problemas de saúde que os animais de estimação podem desenvolver por consequência de uma má alimentação. Para se ter uma ideia de como a situação é preocupante, uma  pesquisa da Mars Petcare aponta que 59% dos cães e 52% dos gatos no mundo sofrem com o sobrepeso .

Cachorro comendo chocolate arrow-options
shutterstock
O chocolate está entre os alimentos proibidos para cachorro

Para evitar que seu cachorro desenvolva problemas de saúde, Cleber listou cinco alimentos que ele não deve ingerir nunca. Confira. 

Alimentos gordurosos

Frituras e gorduras, quando ingeridas pelo cachorro, podem causar pancreatite, uma séria infecção do pâncreas. Por isso, quando o dono estiver comendo batata frita, salgadinho, frango frito e qualquer outro alimento do tipo, não deve oferecê-lo o animal. 

"Caso o cachorro esteja pedindo muito por um pedaço, ofereça a ração dele ou opções mais seguras. Assim, o dono estará prezando pelo bem-estar do seu pet", indica o especialista em comportamento animal. 

Chocolate

Apesar de ser muito gostoso, o chacolate contém uma substância tóxica para os cães. Dependeo da quantidade ingerida pelo cachorro, ele pode sofrer com intoxicação e apresente quadros de vômito, tremores, taquicardia, febre e, em casos mais graves, ataques convulsivos. Outros doces também não são indicados. 

Massa

 Bolos, pães, macarrão, pizza e qualquer outro alimento que tenha fermento entre os ingredientes deve passar longe da boca dos cães. “O fermento que têm nas massas para fazê-las crescer pode expandir no estômago do animal e fazer com que ele sofra com gases e cólicas. A coisa pode se tornar ainda mais séria quando o cão tem uma ruptura intestinal”, explica Cleber. 

Abacate

O abacate é um alimento visto como muito saudável para os humanos, mas para os cães é altamente perigoso. A percina, substância encontrada no fruto, pode causar problemas intestinais, diarreias e vômitos. 

Café

Ingerida em grande quantidade, a cafeína torna-se perigosa até para o organismo humano, quando se trata de um cachorro pequenas porções são prejudiciais. “O café atua diretamente no sistema nervoso do animal, o que é um grande perigo. Pode gerar desde hiperatividade até tremores no corpo”, afirma o especialista.


    Veja Também

      Mostrar mais