Tamanho do texto

As rações úmidas possuem os nutrientes balanceados para os animais, entretanto há também algumas desvantagens

Existe um grande tabu em relação a ração úmida no Brasil. Apesar de ter os nutrientes balanceados e conseguir suprir a dieta dos animais, ela ainda é utilizada apenas como petisco - coisa que não acontece em outros países, onde esse tipo de alimento é tão indicado quanto as rações secas. 

Leia mais:  Como escolher corretamente uma ração para cachorros?

É preciso analisar as duas opções de alimento, assim como as vantagens e desvantagens que eles podem trazer para o seu pet. Se você usa a ração úmida apenas como petisco, cuidado! Por ser mais palatável, em alguns casos, o animal pode começar a rejeitar a ração seca. 

Quais são os benefícios das rações úmidas?

Alguns animais, como os gatos, não tem tanto costume de beber água. As rações úmidas trazem o benefício de conterem uma concentração de até 80% de líquido, ajudando a hidratar o animal. Por conta disso, problemas como alta concentração de urina, doenças renais e hepáticas acabam sendo prevenidos. Por outro lado, a questão poderia ser resolvida apenas estimulando o pet a beber mais água. 

A ração úmida vem com 80% de água, contra apenas 10% das rações secas.
Reprodução/ Shutterstock
A ração úmida vem com 80% de água, contra apenas 10% das rações secas.


Animais mais velhos, que já perderam parte do seu olfato e precisam do paladar,  podem se mostrar mais inclinados a comer um alimento com aroma mais forte e sabor mais acentuado. Esta também pode ser uma alternativa para pets doentes que apresentem pouco apetite, assegurando assim que eles estão recebendo as proteínas, vitaminas e minerais que precisam para se recuperar. As rações úmidas são mais moles e por isso também beneficiam cães com falta de dentes, mandíbulas mal alinhadas ou bocas menores.

As doses de proteína presentes nesse tipo de alimento também são maiores. No caso dos gatos, as rações úmidas apresentam a vantagem de possuírem menos carboidratos, o que diminui as chances de obesidade. 

Veja também:  Qual a quantidade de ração para cachorro certa para o seu?

Existe alguma desvantagem em oferecer a ração úmida?

No caso dos cachorros, que a dieta consiste principalmente em carboidratos (abundantes nas rações secas) os alimentos úmidos podem não ser o suficiente. Nesses caso, o ideal é balancear. Consulte um veterinário para saber a quantidade correta de acordo com as necessidades nutricionais do seu cão. 

A ingestão do alimento em grandes quantidades também aumenta as chances do animal desenvolver placas bacterianas nos dentes. Além disso, dependendo da marca, o produto pode ser rico em conservantes e corante - que podem causar alergias caso o consumo seja feito exageradamente. 

Animais podem preferir a ração seca por ser mais palativas .
Reprodução/ Shutterstock
Animais podem preferir a ração seca por ser mais palativas .


Rações úmidas perdem a validade com rapidez após serem abertas, precisando serem consumidas em questão de horas. O preço do produto também é mais elevado que as secas (se comparado com o kg) e é vendida em doses menores.

Leia mais:  Ração indoor promete diminuir o odor das fezes do cachorro

Apesar de todas as vantagens da ração úmida, consulte um veterinário antes de iniciar uma nova dieta para o seu pet. Os animais precisam de quantidades nutricionais diferentes, de acordo com a sua idade, estado e tamanho. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.