Uma das várias famas dos gatos é a respeito da sua limpeza. Isso porque eles são extremamente limpos e os próprios se preocupam com a sua higiene, usando a língua para a limpar a pelagem. Essa característica é uma grande vantagem para os felinos, porém, ela também pode acarretar em um grande problema: a formação de bola de pelos .

De acordo com a médica veterinária Camila Conte, isso ocorre quando o animal se lambe, e muitos pelos ficam grudados na língua, por causa das "espículas",  que são nada mais do que espinhos que a deixam áspera. Eles acabam engolindo os pelos e, se não são digeridos, os fios se acumulam no sistema digestivo formando pequenas bolas, conhecidas também pelo nome de tricobezoares.


undefined
Reprodução Pinterest
É do instinto do felino se lamber para manter a limpeza dos pelos

Esses tricobezoares são o resultado da mistura do pelo, saliva, suco gástrico e ocasionalmente restos de comida. Elas não são algo anormal, mas causam um incômodo ao gato, que pode acarretar em muitos problemas, podendo se tornar extremamente grave. É comum vermos um felino vomitando essas bolinhas de vez em quando, mas o real problema aparece quando ele não consegue eliminá-las e elas ficam presas no intestino.

Como saber se o seu gato está com bolas de pelo presas 

É preciso ficar atento a alguns sinais dado pelo gato que indicam que existe bola de pelos no intestino, são eles: 

  • Prisão de ventre
  • Diarreia
  • Falta de apetite
  • Ânsia frequente
  • Vômitos mais de uma vez ao dia
  • Regurgitações
  • Sinais de cansado e apatia
  • Desidratação
  • Dores abdominais

Camila Conte afirma que se esses problemas evoluírem no gato, doenças graves podem ser formadas, como a chamada "Lipidose hepática ", doença grave que acomete o fígado dos felinos.  Além disso, eles também podem acabar adquirindo anemia, pela alta falta de apetite. As bolas de pelo serão identificadas através de ultrassons, e exames de sangue que ditarão como anda a saúde do animal.

Métodos caseiros para eliminar as bolas de pelo


undefined
Reprodução/ Redes Sociais
Consulte o veterinário para saber quais procedimentos tomar na hora de eliminar a bola de pelos

Se você notar tais sintomas e perceber que o felino não está conseguindo eliminar as bolas sozinho, será preciso ajudá-lo nessa tarefa. Conheça alguns métodos caseiros que irão auxiliar na expulsão dos pelos: 

  • Fibra na alimentação - A fibra ajuda a melhorar a digestão do felino. Se aumentar a quantidade em sua comida, ele conseguirá eliminar as bolas mais facilmente. 
  • Grama para purgar - É um instinto natural do animal tomar grama para purgar. Pensando nisso, a planta valeriana é uma ótima opção. Em lojas especializadas é possível encontrar essa planta e gramas que ajudam na regurgitação das bolas de pelos. 
  • Manteiga - A manteiga funciona como laxante para o gato, por isso é uma boa alternativa. Para fazê-lo comer, passe um pouco do alimento na pata que ele rapidamente irá lamber para limpar a região. Atenção, a manteiga é muito oleosa, então não exagere na dose. Caso não tenha o produto, use vaselina.
  • Malta - A malta é um derivado da cevada que favorece o trânsito intestinal do gato. Assim como a manteiga, passe a pasta na pata ou focinho do animal para ele lamber. A quantidade e frequência de uso deve ser determinada pelo veterinário.  

Evitando o problema

undefined
Reprodução Pinterest
Escovações regulares ajudam a remover os pelos mortos

Para evitar chegar a um estado crítico, a veterinária afirma que há cuidados diários a serem feitos pelo tutor.  Se tudo for feito corretamente,  raramente será formado bola de pelos. 

  • Escovação - escovar os pelos é uma tarefa que deve ser feita regularmente, principalmente na época de queda. Essa é uma forma fácil de evitar acúmulo de pelos mortos. Passe a escova no sentido contrário para retiradas dos fios e depois no outro sentido. O procedimento deve ser feito principalmente se o animal possui a pelagem média ou longa, geralmente os mais afetados por este problema
  • Alimentação - algumas comida são feitas especialmente para gatos com esse problema. Elas contém mais fibra, ajudando na regulagem do intestino, evitando assim a formação de bolas de pelo. 
  • Água - ela é indispensável na vida de qualquer ser vivo. Deixe sempre água fresca e limpa no recipiente do felino, pois ela ajudará o sistema a limpar os pelos ingeridos. 
  • Ambiente limpo - a limpeza da casa garante que o gato não coma nada estranho pelo chão. Isso pode piorar a situação.
  • Pulgas - essas pragas fazem o felino se lamber mais. Então, o tratamento contra as pulgas acaba ajudando na redução de pelos no intestino. 
  • Ativo e saudável - brincadeiras e brinquedos interativos encorajam o animal a se divertir e gastar energia. Um gato mais ativo melhora sua saúde mental e física, consequentemente irá tornar a pele e os pelos mais saudáveis. 

Antes de tomar qualquer decisão sobre a saúde do felino, consulte um veterinário para saber a melhor forma de proceder. Só um profissional conhece o melhor método de eliminar bola de pelos do intestino do gato. 

    Veja Também

      Mostrar mais