Uma das várias famas dos gatos é a respeito da sua limpeza. Isso porque eles são extremamente limpos e os próprios se preocupam com a sua higiene, usando a língua para a limpar a pelagem. Essa característica é uma grande vantagem para os felinos, porém, ela também pode acarretar em um grande problema: a formação de bola de pelos .

De acordo com a médica veterinária Camila Conte, isso ocorre quando o animal se lambe, e muitos pelos ficam grudados na língua, por causa das "espículas",  que são nada mais do que espinhos que a deixam áspera. Eles acabam engolindo os pelos e, se não são digeridos, os fios se acumulam no sistema digestivo formando pequenas bolas, conhecidas também pelo nome de tricobezoares.


É do instinto do felino se lamber para manter a limpeza dos pelos
Reprodução Pinterest
É do instinto do felino se lamber para manter a limpeza dos pelos

Esses tricobezoares são o resultado da mistura do pelo, saliva, suco gástrico e ocasionalmente restos de comida. Elas não são algo anormal, mas causam um incômodo ao gato, que pode acarretar em muitos problemas, podendo se tornar extremamente grave. É comum vermos um felino vomitando essas bolinhas de vez em quando, mas o real problema aparece quando ele não consegue eliminá-las e elas ficam presas no intestino.

Como saber se o seu gato está com bolas de pelo presas 

É preciso ficar atento a alguns sinais dado pelo gato que indicam que existe bola de pelos no intestino, são eles: 

  • Prisão de ventre
  • Diarreia
  • Falta de apetite
  • Ânsia frequente
  • Vômitos mais de uma vez ao dia
  • Regurgitações
  • Sinais de cansado e apatia
  • Desidratação
  • Dores abdominais

Camila Conte afirma que se esses problemas evoluírem no gato, doenças graves podem ser formadas, como a chamada "Lipidose hepática ", doença grave que acomete o fígado dos felinos.  Além disso, eles também podem acabar adquirindo anemia, pela alta falta de apetite. As bolas de pelo serão identificadas através de ultrassons, e exames de sangue que ditarão como anda a saúde do animal.

Métodos caseiros para eliminar as bolas de pelo


Você viu?

Consulte o veterinário para saber quais procedimentos tomar na hora de eliminar a bola de pelos
Reprodução/ Redes Sociais
Consulte o veterinário para saber quais procedimentos tomar na hora de eliminar a bola de pelos

Se você notar tais sintomas e perceber que o felino não está conseguindo eliminar as bolas sozinho, será preciso ajudá-lo nessa tarefa. Conheça alguns métodos caseiros que irão auxiliar na expulsão dos pelos: 

  • Fibra na alimentação - A fibra ajuda a melhorar a digestão do felino. Se aumentar a quantidade em sua comida, ele conseguirá eliminar as bolas mais facilmente. 
  • Grama para purgar - É um instinto natural do animal tomar grama para purgar. Pensando nisso, a planta valeriana é uma ótima opção. Em lojas especializadas é possível encontrar essa planta e gramas que ajudam na regurgitação das bolas de pelos. 
  • Manteiga - A manteiga funciona como laxante para o gato, por isso é uma boa alternativa. Para fazê-lo comer, passe um pouco do alimento na pata que ele rapidamente irá lamber para limpar a região. Atenção, a manteiga é muito oleosa, então não exagere na dose. Caso não tenha o produto, use vaselina.
  • Malta - A malta é um derivado da cevada que favorece o trânsito intestinal do gato. Assim como a manteiga, passe a pasta na pata ou focinho do animal para ele lamber. A quantidade e frequência de uso deve ser determinada pelo veterinário.  

Evitando o problema

Escovações regulares ajudam a remover os pelos mortos
Reprodução Pinterest
Escovações regulares ajudam a remover os pelos mortos

Para evitar chegar a um estado crítico, a veterinária afirma que há cuidados diários a serem feitos pelo tutor.  Se tudo for feito corretamente,  raramente será formado bola de pelos. 

  • Escovação - escovar os pelos é uma tarefa que deve ser feita regularmente, principalmente na época de queda. Essa é uma forma fácil de evitar acúmulo de pelos mortos. Passe a escova no sentido contrário para retiradas dos fios e depois no outro sentido. O procedimento deve ser feito principalmente se o animal possui a pelagem média ou longa, geralmente os mais afetados por este problema
  • Alimentação - algumas comida são feitas especialmente para gatos com esse problema. Elas contém mais fibra, ajudando na regulagem do intestino, evitando assim a formação de bolas de pelo. 
  • Água - ela é indispensável na vida de qualquer ser vivo. Deixe sempre água fresca e limpa no recipiente do felino, pois ela ajudará o sistema a limpar os pelos ingeridos. 
  • Ambiente limpo - a limpeza da casa garante que o gato não coma nada estranho pelo chão. Isso pode piorar a situação.
  • Pulgas - essas pragas fazem o felino se lamber mais. Então, o tratamento contra as pulgas acaba ajudando na redução de pelos no intestino. 
  • Ativo e saudável - brincadeiras e brinquedos interativos encorajam o animal a se divertir e gastar energia. Um gato mais ativo melhora sua saúde mental e física, consequentemente irá tornar a pele e os pelos mais saudáveis. 

Antes de tomar qualquer decisão sobre a saúde do felino, consulte um veterinário para saber a melhor forma de proceder. Só um profissional conhece o melhor método de eliminar bola de pelos do intestino do gato. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários