Tamanho do texto

Esse método terapêutico melhora o bem-estar dos bichinhos de maneira respeitosa e sem gerar efeitos colaterais

Nos últimos tempos você notou sinais de estresse, medo, nervosismo ou alguma doença no seu bichinho? Se a resposta for sim, o mais apropriado é levá-lo ao veterinário e administrar os remédios receitados. Mas, o que muitos não sabem é que métodos naturais podem ser mais eficazes do que tratamentos farmacológicos, um exemplo são os Florais de Bach para animais.

Leia também: Seu pet pode ser protegido de parasitas com alguns cosméticos naturais

Esse método terapêutico tem o poder de melhorar o bem-estar dos bichinhos de maneira respeitosa, sem gerar efeitos colaterais que muitas vezes derivam de medicamentos industrializados. A eficácia dos tratamentos naturais tem conquistando os veterinários, que cada vez mais recomendam essas terapias. Conheça mais sobre o uso dos  Florais de Bach para animais .

O que são os Florais de Bach?

A eficácia desse método está diretamente relacionado com a absorção de luz solar pelas flores, que gera energia e é armazenado nas folhas e caules
reprodução shutterstock
A eficácia desse método está diretamente relacionado com a absorção de luz solar pelas flores, que gera energia e é armazenado nas folhas e caules

Os Florais de Bach são essências naturais obtidas através da extração de 38 flores silvestres. Eles foram descobertos entre 1926 e 1934 por Edward Bach, um médico homeopata e investigador que estudou diferentes flores nativas da Grã-Bretanha até encontrar propriedades curativas. 

O especialista dividiu os 38 extratos em 7 grupos de acordo com as emoções sobre as quais podem atuar. Essa classificação continua vigente até hoje, sendo elas: incerteza, falta de interesse, medo, hipersensibilidade, solidão, sensibilidade aos outros e desespero.

Segundo a pesquisa de Bach, as doenças físicas na verdade tem origens emocionais e, ao restaurar o equilíbrio das emoções, a enfermidade em si é resolvida. Por isso que os florais são divididos em grupos a partir dos sentimentos e cada um cura uma doença específica. 

A eficácia desse método está diretamente relacionado com a absorção de luz solar pelas flores, que gera energia e é armazenado nas folhas e caules. No momento em que a planta é emergida na água, essa energia é transmitida para os seres vivos ao ingerirem a essência. 

Os florais foram inicialmente projetados para uso humano, sendo hoje em dia recomendado como remédio homeopático. Entretanto, há pouco tempo foi descoberta sua ação em animais de estimação. Assim como nós, eles também respondem bem a esse método. 

É importante não confundir os florais com fitoterapia. Na fitoterapia é utilizado plantas, seja em infusão ou como extrato sexo ou fluído, para aproveitar seus componentes ativos enquanto interagem com a fisiologia do organismo. Já os Florais de Bach são extratos diluídos, que não apresentam atividade farmacológica e relação com a fisiologia, mas atuam no nível vibracional e energético.

Leia também: Florais e medicamentos fitoterápicos podem ajudar na saúde dos pets

As vantagens de aplicar esse método em animais

Os Florais de Bach são essências naturais obtidas através da extração de 38 flores silvestres. Eles foram descobertos entre 1926 e 1934 por Edward Bach, um médico homeopata e investigador
Priscilla Fiedler
Os Florais de Bach são essências naturais obtidas através da extração de 38 flores silvestres. Eles foram descobertos entre 1926 e 1934 por Edward Bach, um médico homeopata e investigador

Os florais são uma terapia natural e por isso são mais saudáveis dos que os produtos químicos, normalmente recomendados em tratamento. Eles ajudam a recuperar o equilíbrio emocional , eliminando o estresse e nervosismo. Também possui efeito calmante, recomendado durante o tratamento de comportamento inadequado ou para tranquilizar o pet. 

As essências são indicadas para tratar inúmeras situações, como períodos de estresse ocasionados por mudanças ou visitas ao veterinário, conflitos internos, situações de agressão, medos e temores. O uso dos florais não têm efeitos colaterais, podendo ser combinados com a medicina tradicional. 

Administrando os florais

Os Florais de Bach para animais pode ser adicionar à água, oferecido através de uma seringa ou misturado com a comida
reprodução shutterstock
Os Florais de Bach para animais pode ser adicionar à água, oferecido através de uma seringa ou misturado com a comida

A essência é apresentada em forma líquida, podendo ser administrada por via oral após a dissolvição em água. O dono pode adicionar à água, oferecer através de uma seringa ou misturar com a comida. Dificilmente o animal irá rejeitar ou recusar o medicamento. 

Antes de aplicá-la no animal, é necessário realizar um check-up completo para descobrir possíveis patologias e doenças presentes. É recomendado também avaliar a vida da família para identificar alterações ou situações que podem ter gerado problemas emocionais recentemente. 

Leia também: Acupuntura veterinária melhora a qualidade e a expectativa de vida dos animais

Lembre-se que cada caso é diferente e por isso será recomendado uma essência única. É melhor consultar um terapeuta floral antes de administrar os Florais de Bach para animais a fim de obter os melhores resultados. 

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.