Tamanho do texto

O Porquinho da Índia fêmea costuma engravidar muito fácil; todo cuidado é importante durante a gestação

Quem escolhe ter uma fêmea de estimação precisa estar ciente de que há o risco dela engravidar em algum momento da vida, caso não tenha passado pelo processo de castração. O risco aumenta quando se é dono de um Porquinho da Índia fêmeas, esse animal se reproduz com muita facilidade. Mesmo que não tenha um macho para acasalar, existe a chance de ela vir grávida do pet shop.

Conheça os alimentos proibidos para um porquinho-da-índia

O maior problema disso tudo é que a gestação é um período muito difícil para esse bichinho, ele fica vulnerável a complicações e doenças, além de carregarem vários filhotes de uma vez só, o que pode ser muito levando em conta o tamanho da mãe. Pensando nisso, é importante os tutores saberem como identificar uma gravidez e saber cuidar do Porquinho da Índia fêmea  caso isso aconteça.

A porquinha da índia engravida com muita facilidade, por isso é preciso atenção e muito cuidados com ela
reprodução shutterstock
A porquinha da índia engravida com muita facilidade, por isso é preciso atenção e muito cuidados com ela

Como saber que o Porquinho da Índia fêmea está grávida? 

Quando uma fêmea engravida, seu comportamento e físico mudam. Se observar com atenção, irá notar que ela fica mais arisca e hostil. Não gosta mais que a manipule e muito menos que a pegue no colo. Entretanto, essas mudanças são mais difíceis de notar, mas as físicas são possíveis ver mais claramente.

Desde o início da gestação, você perceberá que a sede e o apetite aumentam. Se o comedouro e o bebedouro ficam vazios mais rápidos, é sinal de que vêm filhotes por aí. Conforme a gravidez progride, é normal que a porquinha aumente de tamanho. Repare que ela continuará engordando, podendo chegar ao dobro do peso original.

As mamas também crescerão e a barriga, quando estiver próximo do parto, começará a se movimentar. Se você colocar a mão suavemente poderá sentir pequenas criaturas se mexendo lá dentro. 

Se você notar todas essas transformações, é bem possível que sua porquinha esteja grávida. Para ter certeza, leve-a a um veterinário. Ele checará o abdômen através de um ultrassom para confirmar a gestação, além de indicar quantos filhotes nascerão e quantos estão vivos. Com isso, ele deve ser capaz de estimular uma data para o parto. O período de gravidez oscila entre 56 e 74 dias e pode nascer de 1 a 6 crias. 

Cuidando do Porquinho da Índia fêmea grávida

Assim que tiver certeza da gravidez, é preciso preparar o ambiente para cuidar da fêmea e recepcionar os filhotes. Deixe sua casinha o mais confortável possível. Então, nada de gaiola de dois andares e próximo de um local quente. Coloca-a numa área fresca e de temperatura constante. Reduza a exposição a barulhos altos e luzes fortes e mantenham-na longe da luz solar direta.

Frutas e verduras indicadas para a dieta de um porquinho da índia

Retire o macho da gaiola caso aja um. Deixe-o longe da fêmea antes do 50º dia da gestação, pois ele pode continuar montando nela, o que é estressante e doloroso. Além disso, existe a chance dele engravidá-la novamente logo após o parto. 

A porquinha da índia engravida com muita facilidade, por isso é preciso atenção e muito cuidados com ela
reprodução shutterstock
A porquinha da índia engravida com muita facilidade, por isso é preciso atenção e muito cuidados com ela

A alimentação é outro ponto importante e que precisa de atenção. Como a ingestão de água aumenta durante uma gravidez, é importante que a porquinha tenha sempre água fresca para se hidratar. A quantidade de comida também aumentará já que agora ela come pelos filhotes também.

Sirva verduras e frutas frescas todos os dias, principalmente as ricas em vitamina C e cálcio. Dobre a quantidade de alimentos oferecidos normalmente. Na dúvida, consulte um veterinário para te ajudar a montar a nova dieta da fêmea. 

Compre feno e ração de qualidade. Opte por feno capim verde, suplementado por feno alfafa, que é rico em proteínas e cálcio. Já a ração, escolha a fortificada com vitamina C. Ela é uma boa alternativa para ajudar a porquinha a receber os nutrientes necessários. No entanto, o recomendado é combinar ração e feno com frutas e verduras, nunca oferecer só um tipo de alimento. 

Se for preciso, potencialize as refeições com suplementos vitamínicos. Lembre-se de consultar o veterinário antes e só compre com a recomendação dele. 

Apesar de ela estar grávida, ainda precisa realizar exercícios físicos. As atividades são importantes para prevenir a obesidade e manter um fluxo sanguíneo saudável, mas a fêmea não deve se exercitar em excesso para evitar o aumento da pressão arterial e problemas na gravidez. 

O dia do parto

A partir do 60º dia fique de olho constantemente na porquinha. Por mais que o veterinário tenha estimado uma data é difícil identificar o dia exato do parto. Por isso, é importante manter tudo organizado para quando esse momento chegar. 

Doenças do porquinho da Índia: Conheça as principais e saiba o que fazer

No dia do nascimento, a futura mãe sentará, com a cabeça no meio das pernas, e começará a "soluçar". Normalmente ela sabe como realizar o parto sozinha, mas fique de olho para saber se precisará ajudar ou ligar para o veterinário. Em geral, o processo inteiro durar menos de uma hora, com intervalos de cinco minutos entre os filhotes.

Não segure a fêmea na mão, no aperte sua barriga para "empurrar" os bebês e não toque nos recém-nascidos. Você só deve intervir em casos extremamente necessários. Além disso, se surgir alguma complicação, não hesite em chamar o médico. 

Após o parto, verifique (com as mãos limpas) se todos os filhotes nasceram vivos e respirando. Logo em seguida, observe se a porquinha limpa a sujeira do parto. O comum é que ela coma a placenta e limpe suas crias. 

A porquinha da índia engravida com muita facilidade, por isso é preciso atenção e muito cuidados com ela
reprodução shutterstock
A porquinha da índia engravida com muita facilidade, por isso é preciso atenção e muito cuidados com ela

Cuidados pós-parto

Os filhotes já nascem prontos e alertas. Diferentes de outros animais, eles precisam de poucos cuidados. Em alguns dias abrem os olhos, crescem os pelos e se tornam independentes. É recomendável levar a mãe e seus bebês para uma primeira consulta, assim o profissional vê se está tudo bem. Ele irá pesá-los, identificar possíveis doenças e te auxiliar nos cuidados.

Em relação à alimentação, continue servindo refeições diversificadas e fortificadas. Os filhotes podem comer comidas sólidas logo nos primeiros dias e a mãe é a responsável por apresentá-los. Então, ofereça feno alfafa para a fêmea e suas crias, assim com verduras. Já as frutas só podem ser dadas para a porquinha. Nesse meio tempo, os filhotes também estão sendo alimentados com leite materno. O desmame ocorre a partir do 21º dia e é um processo natural. 

Conheça tudo sobre os Porquinhos da Índia

Prevenindo outra gravidez

Se você não quer que nenhuma fêmea engravide novamente, a melhor saída é castrar os machos ou separar completamente os bichinhos de acordo com o sexo. Lembre-se que um Porquinho da Índia fêmea engravida com muita facilidade, por isso todo cuidado é importante para evitar gravidez indesejada.

    Leia tudo sobre: gravidez
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.