Tamanho do texto

Os problemas dermatológicos normalmente estão relacionados com o intestino e uma alimentação adequada pode controlá-los

O cuidado com a alimentação é um dos fatores determinantes para prevenção e cura dos problemas dermatológicos em cachorros , pois  cerca de 70% do sistema imunológico, tanto de humanos quanto dos animais, está localizado no intestino. Sempre que falamos em doenças alérgicas, de hipersensibilidade e autoimunes, é necessário pensar no intestino e tratá-lo. 

cachorro da raça golden retriever em jardim
shutterstock
O Golden Retriever está entre as raças com predisposição para problemas dermatológicos

Leia também: Conheça os todos os testes de alergia para cachorros

Dentre as dermatopatias, as conhecidas doenças de pele, que causam coceira nos animais é preciso dar especial atenção à Hipersensibilidade alimentar e a Dermatite tópica . Elas ocorrem devido a uma resposta alterada do sistema imunológico à algumas partículas que podem estar no ambiente (aeroalérgenos) desencadeando a Dermatite Atópica ou nos alimentos (trofoalérgenos) desencadeando a Hipersensibilidade Alimentar.

Também existe um fator genético envolvido nos problemas dermatológicos dos cachorros, por isso que algumas raças são mais predispostas. Trabalhos científicos demonstram maior susceptibilidade em West Highland White Terrier, Boxer, Labrador, Golden Retriever, SharPei, Pastor Alemão, Shihtzu, Lhasa Apso e Bulldog Francês.

Mas apesar da predisposição genética é fato que, através da nutrição adequada é possível reverter esse quadro e melhorar a condição geral do pet. Além disso, os tutores também podem contar com alimentos que tem ação terapêutica, os nutracêuticos.

Sintomas dos problemas dermatológicos

Decorrente da coceira, os animais podem apresentar falhas de pelos (rarefação pilosa), ausência de pelos (alopecia), escoriações e feridas. Dependendo da gravidade do quadro o desconforto do animal pode ser extremamente intenso, levando a perda de qualidade de vida dele e também do tutor e toda a família.

cachorro com coceira
shutterstock
Um dos principais sintomas dos problemas dermatológicos em cães é a coceira

Outros sintomas que podem ocorrer são:

  • Pele ressecada
  • Contaminação oportunista da pele (por bactérias e leveduras)
  • Espessamento da pele (hiperqueratose )
  • Formação de “sulcos” na pele dando um  aspecto conhecido como “pata de elefante (liqueinificação)
  • Odor desagradável

Diagnóstico dos problemas dermatológicos em cães

Clinicamente não é possível diferenciar a Dermatite Atópica da Hipersensibilidade Alimentar, por isso é fundamental que o médico veterinário utilize de ferramentas para que o diagnóstico seja feito e assim possa auxiliar os tutores com os cuidados devidos com seu pet.

Uma das etapas fundamentais para o diagnóstico, é a troca da alimentação para uma alimentação natural hipoalergênica, com uso de uma fonte proteica e um fonte de carboidrato originais, aquela que o animal nunca teve contato, sem grãos ou transgênicos.

A alimentação e o tratamento do problema dermatológico

É de extrema importância tratar o intestino com uso de pré e probióticos para recuperar as bactérias intestinais boas e melhorar o funcionamento do sistema imunológico. A modulação do sistema imunológico também pode ser conseguida através de uma alimentação e suplementação adequadas, além do uso dos nutracêuticos.

Existem minerais e vitaminas essências para uma pele saudável que são encontrados em alguns alimentos, mas que devem ser suplementados, caso necessário. Dentre eles podemos citar a biotina (Vit B7), ácido pantotênico (Vit B5), Vit B1 (tiamina), Vit E, magnésio, zinco, selênio. A Biotina, por exemplo, é encontrada em grãos integrais, levedo de cerveja, nozes, leguminosas  como cenoura e batata, ou no fígado de salmão.

Uma deficiência destas vitaminas pode contribuir para queda de pelos, pele ressecada além de retardar a cicatrização de feridas.

Desta forma, uma dieta balanceada e de qualidade é fundamental para a saúde da pele e para o controle das doenças dermatológicas como a Dermatite Atópica e Hipersensibilidade Alimentar.

* A médica veterinária Dra. Camila Bianco Pimentel é especialista em Dermatologia Veterinária Integrativa.