Larry, o 'caçador em chefe' do governo britânico, posa na entrada do Número 10 de Downing Street
Reprodução/Twitter
Larry, o 'caçador em chefe' do governo britânico, posa na entrada do Número 10 de Downing Street

A mesa de apostas para saber quem será o novo primeiro-ministro do Reino Unido está aberta — e não faltam candidatos. Antes mesmo de Boris Johnson renunciar à liderança conservadora na manhã de quinta-feira, já estava em debate uma ampla lista de favoritos e azarões para o cargo e, consequentemente, para a chefia do governo britânico. Mas, nas redes sociais, um nome é favorito: Larry, o gato “caçador em chefe” do Número 10 da Downing Street (sede e residência do governo britânico).

“Larry, o gato, continua sendo o único morador de Downing Street que oferece uma liderança forte, estável e honrosa”, escreveu a usuária @pipofhampshire no Twitter, acrescentando a hashtag #LarryforPM (Larry para primeiro-ministro).

O gato, um vira-lata malhado em marrom e branco, mora na sede do governo britânico desde 2011, quando foi adotado pelo então primeiro-ministro David Cameron, para resolver um problema com roedores perto do Número 10 de Downing Street. Larry tinha quatro anos na ocasião e morava no abrigo da organização Battersea Dogs & Cats Home.

“Larry, o gato, nomeado ‘caçador em chefe’ de Downing Street, já sobreviveu a 3 primeiros-ministros do Reino Unido. Ele detém o verdadeiro poder sobre o país”, comentou @RTGameCrowd.

Larry assumiu o posto de Chief Mouser to the Cabinet Office of the United Kingdom (Caçador em Chefe para o Gabinete do Reino Unido) após a aposentadoria de Humphrey, que "trabalhou" para o governo britânico por oito anos, até 1997, e conviveu com as gestões de Margaret Thatcher, John Major e Tony Blair.

'Opção melhor que Boris Johnson'

'Aparentemente, eu sou o novo primeiro-ministro': meme na internet faz sátira sobre Larry ser o novo premier britânico
Reprodução/Twitter
'Aparentemente, eu sou o novo primeiro-ministro': meme na internet faz sátira sobre Larry ser o novo premier britânico

O termo “Larry” foi um dos mais pesquisados no Reino Unido na quinta-feira, chegando aos trending topics do Twitter. O felino também foi citado pelo diplomata e ex-deputado conservador Rory Stewart durante uma entrevista, ao vivo, à CNN internacional. Stewart, que também é professor de Relações Internacionais na Universidade Yale, disse para a jornalista Christiane Amanpour que Larry era uma “opção melhor para primeiro-ministro que Boris Johnson”.

— Em algum nível básico, quase qualquer pessoa no Parlamento seria um primeiro-ministro melhor do que Boris Johnson. Larry, o gato de Downing Street, no momento, seria um primeiro-ministro melhor — afirmou. — Ele [Boris] simplesmente não é capaz de governar.

Destino incerto

O destino de Larry, 15, ainda não foi anunciado oficialmente após a renúncia de Boris, mas o histórico recente do governo britânico indica que ele deverá continuar em Downing Street.

Em 2016, quando Cameron deixou o cargo para a chegada de Theresa May, houve uma polêmica sobre a permanência de Larry na casa, mas um porta-voz do governo confirmou, na ocasião, que o gato ficaria. De acordo com ele, Larry era um gato “contratado” pelo Gabinete do primeiro-ministro e suas despesas eram pagas através de doações.

Após a eleição de Boris, em dezembro de 2019, também havia rumores de que Larry poderia ser mandado embora, já que o novo primeiro-ministro era mais inclinado a cães. Mas mesmo depois que o jack russel terrier Dilyn de Boris se mudou para Downing Street, Larry permaneceu em seu posto, sobrevivendo ao seu terceiro primeiro-ministro.

#YesWeCat

No Twitter, um perfil não oficial do bichano (@Number10cat) existe desde fevereiro de 2011 e acumula quase 600 mil seguidores. Desde o anúncio da renúncia de Boris, o responsável pela página vem postando uma série de memes, endossando a campanha online #LarryForPM (Larry para primeiro-ministro) e #YesWeCat (um trocadilho com "Yes, we can" ou "Sim, nós podemos", lema da primeira campanha do democrata Barack Obama, com a palavra "cat" — gato).

“Estou disposto a servir como primeiro-ministro interino, porque isso é francamente menos ridículo do que a ideia de Boris Johnson ficar um minuto a mais”, anunciou Larry the Cat às 8h08 da manhã de quinta-feira, direto de seu púlpito felino inventado.

Agora, só o tempo dirá quem é páreo para o felino.

Para garantir que o seu pet terá toda a ajuda sempre que precisar, iG Pet Saúde está com novos planos. Cães e gatos podem contar com consultas de rotina e de emergência, cirurgias, vacinas e muito mais.  Conheça todas a vantagens de se ter um plano de saúde pensado especialmente para você e para o seu pet!

Acompanhe o Canal do Pet  e os maiores destaques do  Portal iG no Telegram!

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários