Mesmo identificado com microchip, cachorro é dado para uma nova família
Reprodução/USA Today/Arquivo Pessoal/Savannah Marino
Mesmo identificado com microchip, cachorro é dado para uma nova família

No início de 2020, Byron, um cachorro da raça Maltipoo, pet da família de Savannah Marino, havia desaparecido de sua casa em Houston, no Texas. Savannah estava celebrando o ano novo na casa da avó, quando descobriu sobre o cachorro e voltou imediatamente para casa.

A família procurou pelo cãozinho até as 3h da madrugada, até decidir continuar com as buscas pela manhã. Byron, que foi microchipado, tinha suas informações de contato sempre atualizadas, caso fosse encontrado.

A procura durou cerca de 14 meses, sempre checando as informações com o aplicativo da empresa responsável pelo chip: "Passamos incontáveis horas lá fora na rua procurando por ele, sempre verificando onde pudéssemos encontrá-lo", disse Savannah ao jornal USA Today.

A procura durou até março de 2021, quando a irmã mais nova de Savannah, decidiu verificar mais uma vez os dados do microchip, e percebeu que as informações de Byron foram trocadas.

"O nome de outra pessoa estava lá, o microchip já está registrado em nome de uma nova família", disse Savannah. "Nós pensamos: 'Espere. O que está acontecendo aqui?’”.

Ao pesquisar sobre as informações no microchip, a família descobriu que Byron foi localizado ainda em fevereiro de 2020, e dado a uma nova família naquele mesmo mês, recebendo um novo registro.

Você viu?

O pai de Savannah entrou em contato com a empresa Michelson Found Animals, responsável por registrar o chip, para saber o que teria acontecido, mas responderam apenas que não se envolveria no caso, que era responsabilidade dos proprietários. Com muita insistência, a família foi informada que o microchip foi atualizado pela Poodle Rescue of Houston, um grupo de resgate de animais.

Após diversas tentativas de contato, sem respostas, a família foi finalmente informada que o número do chip pertencia a um de seus cães resgatados e que ele havia sido adotado por uma nova família. Uma situação bem diferente do que a família Marino esperava, quando decidiu identificar seu cachorro com um microchip.

A única informação que receberam foi que a atual família de Byron, que agora tinha outro nome, não iria desistir do cachorro e, para a antiga família, foi oferecido um novo cachorro. Mas eles recusaram, pois não iriam desistir do cãozinho da família.

O mesmo foi oferecido para a atual família, que também se recusou. Os Marino, que procuraram pelo cachorro por 14 meses, até descobrir que o pet havia sido entregue a uma nova família, mesmo estando identificado por um microchip com todas as informações de contato, entrou com uma ação judicial, nesta segunda-feira (14) contra o abrigo Poodle Rescue of Houston, a empresa Michelson Found Animals, e os novos donos de Byron.

A família também solicitou uma ordem de restrição temporária contra todos os réus, para que Byron fosse devolvido imediatamente à família. Courtney Gahm-Oldham, a advogada da família Marino, disse ao USA Today que uma ação legal seria tomada, caso fosse necessário.

"Só queremos Byron de volta", disse Savannah Marino. "Custe o que custar, nós vamos lutar para levá-lo de volta para casa", finalizou.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários