Cão devolvido ao abrigo é adotado e vira funcionário do CAPS de Guararema
Vitoria Mikaelli/Prefeitura de Guararema
Cão devolvido ao abrigo é adotado e vira funcionário do CAPS de Guararema

Um cachorrinho de apenas sete meses, após ser adotado e devolvido para uma ONG em Guararema (SP), deu a volta por cima e foi adotado pelo Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) da cidade. O cãozinho, agora chamado de Assis, tem até o seu próprio crachá de funcionário.

De acordo com a Prefeitura, o cãozinho tem auxiliado no atendimento aos pacientes, brincando, fazendo carinho e ajudando no estabelecimento de vínculos de cuidado, afeto e responsabilidade, inclusive participando de reuniões administrativas.

Ao G1, Jéssica Falco, assessora de saúde mental e coordenadora do CAPS disse que a ideia de adotar um cãozinho para a unidade surgiu há pouco mais de um ano, com o objetivo de ter um companheiro que pudesse ajudar nos trabalhos. Contudo, a ideia precisou ser adiada devido a pandemia da covid-19.

Já em fevereiro desse ano, após a ONG “Ampara Guararema” compartilhar em sua rede social que o filhote, então chamado de Ursão, havia sido devolvido apenas um mês após sua adoção e estava a procura de um novo lar. Jessica entrou em contato e logo ele foi adotado. Seu nome mudou para Assistente (Assis, para os íntimos) e se tornou o xodó dos funcionários e pacientes da CAPS.

A assessora conta que a presença do mascote vem sendo bem agradável, trazendo uma nova rotina ao serviço, que precisou de novas adaptações, como ter mais atenção aos portões para que o filhote não escape. Assis fica solto pela unidade, indo livremente para onde quiser, e todos cuidam dele. “Se ele começar a destruir alguma coisa a gente vai e organiza para não destruir mais, porque ele tem esse instinto por ser filhote. Mas ele fica solto, participa de reunião, participa de grupos. Tudo que ele ficar quietinho e der para participar, ele participa”, contou.

Assis não possui raça definida e, apesar de ainda ser um filhote, já assume grandes responsabilidades. Ele participa dos encontros de pacientes, faz companhia para as crianças e ganha carinho na sala de espera. Ninguém consegue resistir aos olhar do novo funcionário peludinho!


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários