Gugu Liberato foi o primeiro apresentador no comando do TV Animal
Reprodução/SBT
Gugu Liberato foi o primeiro apresentador no comando do TV Animal

Em outubro de 1988 estreava no SBT, sob o comando do apresentador Gugu Liberato , um game show chamado “TV Animal”, a princípio um quadro fixo dentro do programa Silvio Santos, mas, devido ao seu grande sucesso de audiência, logo se tornou um programa separado na grade da emissora.

Gugu ficou no comando da atração até outubro de 1992, época em que o apresentador chegou a assinar contrato com a Globo, mas Silvio Santos não deixaria seu pupilo escapar e fez com que a assinatura fosse cancelada.

Angélica no comando do TV Animal
Reprodução/YouTube/SBT
Angélica no comando do TV Animal

Alguns anos depois, já em outubro de 1995, o TV Animal voltou para as tardes da emissora, dessa vez como um programa diário, sob o comando da apresentadora Angélica , que agora também fazia matérias especiais externas.

Eliana foi a terceira a apresentar o TV Animal
Reprodução/YouTube/SBT
Eliana foi a terceira a apresentar o TV Animal

O enorme sucesso trazia o dobro da audiência para a emissora no horário e Angélica logo despertou a atenção da concorrência. Com a saída da apresentadora, em maio de 1996, o programa passou a ser comandado por Eliana , e passando para o horário da manhã. Contudo, após a troca na apresentação, a audiência diminuiu e a atração foi cancelada em junho do mesmo ano.

Atrações

O TV Animal visava falar sobre a preservação da natureza e a vida dos animais, com diversas atrações e convidados especiais, incluindo a participação do público.

Entre as atrações do game show estavam convidados famosos que interagiam com bichos variados, desde cachorros e gatos, até animais exóticos como cobras, lagartos, sapos e muitos outros. Entre os quadros mais famosos estava o “Mão no Bicho”, no qual um convidado deveria adivinhar qual era o animal que estava em sua mão, dentro de um buraco, o que foi reprisado em programas como o “Domingo Legal”, também apresentado por Gugu, no SBT.

Em outro quadro popular do programa os participantes deviam adivinhar qual era o animal de estimação de um artista. No decorrer do programa, uma pessoa famosa aparecia mostrando sua casa e dando dicas sobre que tipo de animal de estimação teria. Ao final, o apresentador perguntava qual era o pet da celebridade e os convidados do programa deveriam adivinhar.

Você viu?


Um breve retorno

Beto Marden, apresentador do
Divulgação/SBT
Beto Marden, apresentador do "TV Animal" em sua ultima versão

Apenas em outubro de 2009, 13 anos após o fim do programa original, o "TV Animal" voltou à grade do SBT, dessa vez totalmente reformulado, passando de um programa de gincanas para um programa de variedades sob o comando de Beto Marden.

Em seu novo formato, o programa trazia quadros como: o “Mr. Dog”, que ensinava os tutores como educar seus pets, sendo uma espécie de “Super Nanny” versão animal; O “Direito Animal”, que era comandado pela advogada Mônica Grimaldi, que tirava dúvidas sobre direitos dos animais e meio ambiente; o “Novo Dono”, que buscava um novo lar para animais abandonados; reality shows, como “Estilo Animal” e “Game Animal”, um tipo de concurso de talentos para animais de estimação.

O programa também trazia matérias especiais em paisagens selvagens, como ilhas e florestas, para conscientizar o público para questões da vida animal. Fora o nome, a única semelhança com o programa original era o quadro no qual o público e um convidado deveriam adivinhar qual era o bicho de estimação de alguma celebridade.

Antes da estreia, a produção se mostrou confiante sobre o programa para conquistar o público apaixonado por animais de estimação, contudo era apresentado no horário nobre, às sextas-feiras, e a atração não suportou a concorrência com o "Jornal Nacional". Em fevereiro de 2010 a atração deixava a grade do SBT definitivamente.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários