Cachorro seria sacrificado pelo antigo dono se o bombeiro que o resgatou não o adotasse
Reprodução/Facebook
Cachorro seria sacrificado pelo antigo dono se o bombeiro que o resgatou não o adotasse

Ao final de setembro um bombeiro chamado Malcom Cortner atendeu a um chamado de incêndio em um apartamento na cidade de Des Moines, em Iowa, nos Estados Unidos. Ao chegarem ao local, a equipe de bombeiros encontrou um cachorro da raça Mastim de apenas 16 meses.

Cortner conseguiu puxar o cachorro para um local seguro, onde a equipe de emergência administrou oxigênio ao animal. Quando o Animal Care and Control da cidade chegou ao local, o dono do cachorro foi informado de que o pet precisaria de um “tratamento potencialmente caro”, ou precisaria ser sacrificado, de acordo com a publicação do Facebook, o dono do cachorro optou por sacrificar o animal em vez de bancar o tratamento.

Foi quando Malcom interviu e se ofereceu para adotar o Mastim, para que pudesse ele mesmo pagar pelo tratamento necessário. O pedido do bombeiro foi atendido e o cachorro, que passou a se chamar George, já passou pelo tratamento.

A página oficial da cidade compartilhou as imagens de George no momento em que foi encontrado e após o tratamento.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários