Séries contam a vida de pessoas aficionadas por pets; conheça 4
Divulgação / Netflix
Séries contam a vida de pessoas aficionadas por pets; conheça 4

É inegável: os apaixonados pelos animais de estimação amam consumir os mais variados conteúdos sobre cães e gatos. Ou até mesmo conhecer histórias de pessoas que, assim como eles, fariam de tudo para agradar os pets e deixá-los o mais confortáveis possível. 

Para os "pais" e "mães" de pet, nada melhor do que assistir histórias reais ou ficcionais que expressam como o amor pelos bichinhos pode levar as pessoas a realizarem feitos inimagináveis e instigantes. Relatos de pessoas que foram salvas pelos cães, ou que se dedicam plenamente aos animais. 

Cat People

Séries contam a vida de pessoas aficionadas por pets; conheça 4
Divulgação / Netflix
Séries contam a vida de pessoas aficionadas por pets; conheça 4


A série da Netflix reúne diversas histórias inspiradoras de amor entre gatos e tutores. Contando com seis episódios, a produção documental irá retratar a relação de pessoas com os bichanos, algumas que, inclusive, se tornaram famosas por conta dos pets. É o caso de Moshow, o “cat rapper”, que agrega milhares de seguidores nas redes sociais exibindo fotos e vídeos dos seus gatos, que posam para as câmeras vestindo gorros, correntes e acessórios. 

Outro caso também abordado na série é de um grupo de protetores de animais que atuam na ilha grega de Siros, com população de cerca de 25 mil habitantes e aproximadamente 3 mil gatos. Além disso, ‘Cat People’ irá mostrar a história de Samantha, adestradora que treina os felinos para se apresentarem em shows musicais. 

Apenas Cães

Séries contam a vida de pessoas aficionadas por pets; conheça 4
Divulgação / Netflix
Séries contam a vida de pessoas aficionadas por pets; conheça 4


Disponível na Netflix, a série relata alguns depoimentos emocionantes entre cães e seus donos. ‘Apenas Cães’ já conta com duas temporadas completas, a primeira com seis episódios e a segunda com quatro. Desse modo, em aproximadamente 50 minutos, o público irá conhecer histórias de cachorros que salvaram a vida dos tutores ou o contrário.

(Continue a leitura logo abaixo)

Leia Também

Leia Também

Um dos episódios, por exemplo, conta a história de Corrine, jovem com epilepsia, e de Rory, cão treinado para detectar crises epiléticas. Há na série, ainda, a crônica de um padre brasileiro apaixonado por vira-latas. Amor este que inspirou outras pessoas na criação de uma rede solidária, ocupada em encontrar novos lares para os bichinhos. 

Intervenção Canina

Séries contam a vida de pessoas aficionadas por pets; conheça 4
Divulgação / Netflix
Séries contam a vida de pessoas aficionadas por pets; conheça 4


A produção irá acompanhar o cotidiano de Jas Leverette, treinador de cães que promete educar animais que parecem irrecuperáveis. Para o adestrador, nenhuma raça apresenta comportamentos que não possam ser corrigidos. Logo no primeiro episódio é narrada a trajetória de Lady Macbeth, uma pitbull agressiva que acaba de ser adotada e tem atitudes violentas com todos os amigos do novo tutor. 

Jas Leverette é fundador de um dos centros de treinamento canino mais famosos dos Estados Unidos, chamado Cali K9. A série, no entanto, gerou controvérsias entre o público: enquanto um grupo de pessoas realizou um abaixo assinado para renovar ‘Intervenção Canina’, outro fez uma petição para que a série fosse cancelada. Os dois grupos divergem em relação aos métodos utilizados pelo adestrador. Por enquanto, ainda não há novidades sobre a renovação.

É o Bruno!

Séries contam a vida de pessoas aficionadas por pets; conheça 4
Divulgação / Netflix
Séries contam a vida de pessoas aficionadas por pets; conheça 4


Lançada em 2019, a série “É o Bruno!”, recebeu uma indicação ao Emmy na categoria de Melhor Série de Comédia ou Drama de Curta Duração. Nela, acompanhamos Malcolm Bartello (Solvan Naim), morador do Brooklyn que se dedica inteiramente a cuidar do cão de estimação Bruno, além de lutar para que a vizinhança cuide do bichinho com o devido respeito. 

A produção expõe várias situações comuns na rotina de fissurados por cães, como ficar ofendido se alguém erra o nome do pet ou brigar com pessoas que não recolhem as fezes dos animais. Malcolm vive para propiciar as melhores condições possíveis para Bruno: prepara a refeição todas as manhãs, escova os dentes do bichinho, o leva para passear e ensina truques. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários