Esse mês, alguns lugares do México presenciaram o furacão Delta . Na cidade de Cancun, um dos locais atingidos, uma história de soliedariedade chamou a atenção dos internautas: trata-se de um protetor animal que acolheu 300 cães em sua casa, para protegê-los do furacão.

Ricardo Pimentel é dono da ONG de animais "Tierra de Animales". Lá, ele possui aproximadamente 300 cães que aguardam um novo lar. Com a previsão de chegada do furacão no início desse mês, Ricardo percebeu que as estruturas do abrigo não eram boas o suficiente para proteger todos os bichinhos e decidiu fazer algo bem inesperado: abrigá-los em sua casa.

Ricardo e alguns dos 300 cães
Reprodução/ Facebook
Ricardo e alguns dos 300 cães

"Eu tenho dois quartos, uma cozinha e um banheiro também disponíveis a voluntários que me ajudam a cuidar de todos os cães", contou o protetor ao site The Dodo. Nós tivemos que trazer eles aos poucos, de dois em dois, demorou aproximadamente quatro horas para finalizar. Mas no fim das contas, valeu super a pena, porque estão todos seguros".

Ricardo ainda contou que ficou preocupado com a bagunça que fariam e que poderia sair do controle. Porém, os cães se comportaram super bem e pareceram se dar muito bem uns com os outros. "Não tenho arrependimentos, faria tudo outra vez", comenta o protetor.

Ele ainda garantiu que durante a passagem do furacão ficaram todos bem e que agora irá focar em reforçar as estruturas de seu abrigo, para que ele seja 100% seguro para os pequenos.




    Leia tudo sobre: amor

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários