Em um domingo chuvoso e frio, há 8 anos, uma cachorrinha de rua teve sua vida tranformada completamente pelo motoboy Miguel Pereira. Resgatada de baixo do carro do rapaz, a cadela nomeada de Ruby nem sabia que além da família nova, seria capaz de ajudar pessoas, e também outros cãezinhos.

Há 3 anos, Miguel começou a trabalhar como motoboy de um aplicativo de delivery. Mas ele não estava sozinho nessa. Ruby, que adorava pular na moto do tutor quando a via, começou a participar das corridas do pai e não parou mais. "Ela me acorda ansiosa todos os dias para irmos trabalhar. Ao todo, já fizemos 4.000 entregas juntos. Ela só não me acompanha quando está frio, chovendo, e na parte da noite", conta Miguel.

Motoboy e cachorrinha ao lado, também como motoboy
Reprodução/ Instagram
Ruby

A cachorrinha possui um equipamento próprio para acompanhar o tutor, que preza muito pela sua segurança nas viagens. Foram feitos um capacete e uma visineira especialmente para Ruby, em uma loja especializada nisso. "Ela se equilibra na parte de trás da moto mesmo, como uma pessoa, comprei uma capa de couro para ela não escorregar", comenta o tutor. Além disso, a cadela possui a mesma bolsa que o dono usa para guardar as entregas, também própria para ela, evidenciando o papel importante da pequena.

"Desde que comecei a trabalhar com ela, fui mais respeitado pelas pessoas", relata Miguel. Ele conta que os estabelecimentos onde retira os pedidos já estão acostumados com Ruby e que os clientes sempre adoram ver ela. "quando enconsto do lado de um carro, ao invés do vidros se fecharem, eles se abrem e as pessoas tiram fotos da Ruby, sorriem, puxam conversa".

Miguel criou um Instagram como o nome de "Rubyfofa" onde compartilha toda a rotina junto com a cachorrinha. Recentemente o perfil viralizou, e já conta com 13 mil seguidores, que de acordo com o tutor, são apaixonados por Ruby. Além disso, a plataforma também serve para divulgar um projeto solidário que o rapaz criou.


Saquinho mata fome

Durante a pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2), Miguel e Ruby ainda fundaram um projeto solidário para estender o delivery a cãezinhos de rua, que não tem o que comer. Chamado de "Saquinho mata fome", ele consiste em doar rações aos animais em situação de fome através de saquinhos.

Miguel teve essa ideia após presenciar um bichinho desesperado por alguma coisa para comer durante uma de suas entregas. Após isso, começou a andar com os saquinhos de ração sempre com ele e divulgou o projeto no Instagram. "Com as doações das pessoas já atingimos a marca de mais de 700 sacos de ração doados totalizando mais de 300 quilos".

Ele diz que recentemente ainda criou o "disque saquinho" para entrarem em contato com ele quando souberem de algum animal necessitado. O tutor finaliza dizendo que seu sonho é que o projeto atinja cada vez mais pessoas e conscientize as pessoas a sempre estarem com um saquinho de ração para quando verem um animal em situação de fome, poder ter a chance de ajudar ele.

    Veja Também

      Mostrar mais