Um vídeo publicado pela empresária Júlia Claudenari, que mora em Londrina, está provocando revolta nas redes sociais. Isso porque a mulher fez o " desafio da farinha " com seus cães. A "brincadeira" que virou febre nas redes sociais consiste em responder perguntas enfiando a cabeça da pessoa em uma almofada com farinha. O delegado  titular da unidade policial de proteção ao Meio Ambiente de Curitiba, Matheus Laiola, configurou o caso como maus-tratos.

Mulher empurra cabeça de dois cães contra travesseiro cheio de farinha
Reprodução/ Instagram
Júlia Claudenari realizando desafio da farinha com os cães

No vídeo compartilhado por Luisa Mell em tom de denúncia, a mulher aparece forçando os animais contra travesseiros cheios de farinha. A ativista disse que logo entrou em contato com a polícia e conversou com especialista, que falaram sobre o mal que a brincadeira pode causar ai animais. ""Importante ressaltar que este desafio É EXTREMAMENTE PERIGOSO para animais e PESSOAS! Animais podem ter asfixia e pneumonia aspirativa. E podem chegar a óbito!", escreveu. 

Leia mais:O gato que não dorme! Vídeo de pet acordado a noite toda viraliza

Ver essa foto no Instagram

Identificada a covarde que causou revolta hj na internet ao fazer o tal do “desafio da farinha” com cães. Julia Claudenari Oguido Natural de SP, mas atualmente mora em Londrina. É bem conhecida na Cidade, pois é dona de uma academia de ginástica. Já foi realizada uma diligência, mas ela ainda não foi encontrada pela polícia. Continuo em contato com a polícia local, mais tarde mais informações por aqui. Importante ressaltar que este desafio É EXTREMAMENTE PERIGOSO para animais e PESSOAS! Animais podem ter asfixia e pneumonia aspirativa. E podem chegar a óbito! E ao contrário do que parece, tb n é uma brincadeira inocente para humanos: “Certamente é ruim. Se a pessoa ainda tomar um susto e inspirar profundamente, pode aspirar farinha para os pulmões. O que pode gerar simples irritações e tosse, mas também, dependendo da quantidade e da sensibilidade da pessoa, pode causar broncoespasmo (como em uma crise de asma). Sem contar que podem haver bactérias e fungos na farinha que, se forem para nos pulmões, podem causar infecções” palavras do pneumologista que cuidou do meu marido! Ou seja, ninguém mais deve postar tal barbaridade. O que coloca saúde em risco n deve ser estimulado. #proibamodesafiodafarinha Meu agradecimento especial ao @delegado.matheuslaiola, que também foi o responsável pela Rinha de Mairiporã/SP, está acompanhando o caso e auxiliando a Polícia Civil de Londrina.

Uma publicação compartilhada por Luisa mell (@luisamell) em


O delegado Matheus Laiola contou a jornal de Londrina que tomou notoriedade do caso pelos internautas e já está fazendo os procedimentos necessários. "Quando acordei, vi as mensagens. Já pela manhã, iniciamos uma investigação com os recursos da Polícia Civil e chegamos a informações como identidade e endereço. Também pedi um laudo veterinário que confirma que a brincadeira é, sim, maus-tratos”, diz.

Leia mais:Conheça a dupla de porquinhas que fazem sucesso no Instagram

Os processos investigativos já deram início. A Secretaria do Meio Ambiente já afirmou que está em contato com o delegado e que a mulher será multada e pode ter os animais apreendidos. 

    Veja Também

      Mostrar mais