Quando tinha apenas quatro meses de vida, a cadela Olive teve uma doença misteriosa que a deixou tetraplégica , ou seja, sem os movimentos do pescoço para baixo. Ao levar o animal a um hospital veterinário, sua dona Avanti Fernandes recebeu a recomendação de sacrificá-lo. Porém, meses depois, Olive conseguiu voltar a andar.

Cadela branca e preta tetraplégica com suporte de rodas ao lado arrow-options
Reprodução/ Instagram
Após ter ficado tetraplégica, Olive consegue voltar a andar

Avanti não se contentou com o laudo inicial e levou Olive a outro veterinário, no Hospital de Animais Belle Mead, em Nova Jersey, Estados Unidos. Outros procedimentos foram feitos e a cadela iniciou uma fisioterapia. Após meses de cuidados e sessões intensas de massagens, Olive passou a andar com a ajuda de um suporte com rodas. Hoje, a cadela tem uma vida normal e consegue andar e brincar tranquilamente.

Leia mais: Cão é resgatado após cair em córrego de Ribeirão Preto

A família de Olive teve altos custos com o seu tratamento e acumulou uma dívida de R$ 15 mil. Eles estão realizando uma vaquinha online que já arrecadou pouco mais de R$ 5 mil. 


    Veja Também

      Mostrar mais