Tamanho do texto

O filho de Kelley é altamenta alérgico e por isso ela não pode levar o pet para dentro de sua casa

Kelley Hartman teve uma ideia incrível para cuidar de um gato de rua que a visitava sempre em sua residência. Mesmo com muita vontade de adota-lo, ela não podia, já que seu filho mais novo é altamente alérgico a gatos e cães. Pensando nisso, por que não construir uma casa para gato em seu quintal?

Leia também: Filhote de gato encontra seringa com agulha e espeta dono

A casa tem porta de vidro, janelas, sofá, porta de gato , comida, água e aquecimento - Kelley mora na Dakota do Norte, nos Estados Unidos, onde costuma nevar bastante no inverno. O pet ganhou o nome de Mark, apelido de "Question Mark" (ponto de interrogação, em tradução livre para o portugês), porque ele costuma miar muito quando alguém o encontra do lado de fora de casa.

"Estamos pensando em colocar mais um gatinho de rua resgatado dentro da mansão que construimos para ele", contou Kelley em uma publicação no Facebook. Todos da família ajudaram na construção da casa.