A pug Lulu fez muito sucesso em uma escola e na internet. O motivo é que a cadela tem duas patas a mais na parte de trás do corpo. Por sorte o criador decidiu colocá-la para adoção, diferente de muitos canis que optam por eutanasiar pets com esse tipo de anomalia.

Leia também: Criadora de gatos tem vários felinos com "cara de gente"; veja foto

Patas de pug Lulu
Facebook/ Helga Carter
Patas de pug Lulu


"Os veterinários acreditam que Lulu absorveu parte do corpo de um gêmeo que não se desenvolveu quando ela ainda estava no útero da mãe", escreveu Helga Carter, a professora que estava dando aula quando o pai de um aluno chegou com a pet para buscar o filho. 

Ela explicou que a cadela usa a pata extra de trás junto com a da frente, e que sobra no meio não faz nada. "Estão esperando ela ficar adulta para decidir se será preciso amputar ou não", finalizou a publicação. No Facebook, Lulu já tem mais de 18 mil curtidas em suas fotos.

Lulu
Facebook/ Helga Carter
Lulu


    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários