Tamanho do texto

Agora o homem não tem apenas um, mas dois gatinhos por quem é perdidamente apaixonado

O pai de Cheryl Svitak é um clássico caso de homem que não queria gatos em casa de jeito nenhum, mas que depois de um tempo se mostrou um verdadeiro amante de felinos. A história comovente fica ainda mais fofa com a foto que Cheryl compartilhou em um grupo do Facebook. 

Leia também: Mulher transforma espaço embaixo da escada em casa de cachorro

"Meu pai disse 'não quero gatos', mas minha mãe queria um. Então fui ao abrigo local e adotei Abby, e em vez de ela estabelecer um laço forte com minha mãe, ela escolheu meu pai. Agora ele fala com a gata com voz de bebê. Abby o segue pela casa, senta em seu colo, espera por ele para ir dormir e dorme na cama com ele", contou Cheryl na legenda.

gato ao lado de homem arrow-options
Facebook/ Cheryl Svitak
Gato de Cheryl Svitak com seu pai

E, depois de tudo isso, ela ainda finaliza: "tivemos que adotar outro gato porque minha mãe se sentiu abandonada por Abby". Ou seja, o homem que não queria gatos agora mora com dois e é perdidamente apaixonado pelos bichanos.