Tamanho do texto

Chamado de SamuVet o serviço deve contar com veículos equipados com itens hospitalares e funcionar 24 horas

Um Projeto de Lei em prol dos animais foi aprovado pela Câmera Legislativa do Distrito Federal na última semana. Ele prevê a criação de um Serviço de Atendimento Médico de Urgência Veterinário, intitulado SamuVet . O intuito é "oferecer o atendimento necessário para preservação da vida" de pets vítimas de abandono ou maus-tratos. 

Leia também: Projeto de lei que permite visita de pets em hospitais do Guarujá é aprovado 

cachorro sendo atendido por veterinário arrow-options
Shuttersock
SamuVet deverá atender animais abandonados e vítimas de maus-tratos

De acordo com a proposta, será criado um serviço telefônico que funcionará 24 horas para que as pessoas possam acionar o SamuVet. Os chamados serão atendidos por veículos equipados com itens hospitalares necessários para os primeiros socorros do animal que tenha sido atropelado, sofrido maus-tratos ou esteja em situação de risco.

A equipe de cada veículo será formada por um motorista e um veterinário. Caso os primeiros socorros não sejam suficientes, o animal atendido pelo SamuVet deverá ser levado para o Hospital Veterinário Público do Distrito Federal. 

Feito pelo deputado Roosevelt Vilela (PSB), o projeto ainda diz que as despesas serão pagas por orçamento próprio, mas não há uma explicação da origem do dinheiro. 

Para que o SamuVet comece a funcionar ainda é necessária aprovação em segundo turno, além de o governador Ibaneis Rocha (MDB) sancionar a lei. Não há previsão para que isso aconteça.