Tamanho do texto

O canil era registrado e vendia os animais em pet shops e feiras de rua de Osasco, na Região Metropolitana de São Paulo; as imagens são fortes

Luisa Mell encontrou mais um canil que cria cães de raça em condições insalubres em São Paulo. A ativista da causa animal usou o seu Instagram para filmar o resgate e mostrar como pugs, yorkshires, pinscheres, buldogues e outros viviam: dentro de caixas, muitas vezes sem comida e água potável. 

montagem mostrando caixa e o cachorro que estava dentro dela arrow-options
Reprodução Instagram/ Luisa Mell
O canil mantinha animais dentro de caixas de madeira

Nos vídeos compartilhados nas redes sociais é possível ver filhotes em pequenas caixas de madeira , cães acorrentados e vivendo em espaços pequenos, sem ventilação e sem luz. Em um dos espaços, o chão está coberto de fezes endurecidas. As imagens são fortes. 


certificado de registro do canil arrow-options
Reprodução Instagram/ Luisa Mell
O canil era registrado

Leia também:  Mulher que não gosta de gatos salva filhote e muda de ideia

Com a ajuda da Polícia Civil e um ônibus da Cometa, Luisa e funcionárias do Instituto que leva seu nome conseguiram resgatar os animais que eram vendidos em pet shops e feiras de rua em Osasco, na Região Metropolitana de São Paulo. Agora eles receberão todos os cuidados veterinários necessários e quando estiverem saudáveis serão colocados para adoção responsável. 

A ativista tem dito nas redes sociais que as contas do Instituto Luisa Mell estão apertadas e que ela tem sofrido represarias de criadores de animais. Durante todo o resgate ela repetiu a frase "Nada vai me parar". Em postagem no Instagram ela pediu ajuda: "Amigos queridos imploro que me ajudem!" 

Os dados para doação são: 

Itaú
Ag 0772 Cc 09021-3

Banco do Brasil
Ag 1817-1 Cc 120.000-3

Bradesco

Ag 1974-7 Cc 288-7

Instituto Luisa Mell de Assistência aos Animais e Meio Ambiente
CNPJ: 21.877.796/0001-35