Tamanho do texto

A tutora deixou claro que só foi possível decorar a gaiola porque Bella não tem costume de destruir objetos

"Essa cadela maravilhosa teve um passado duro e merece todos os extras na vida", é assim que Mel Issa começa sua postagem no Facebook falando sobre a cadela resgatada Bella. Na publicação, diversas fotos da pet dentro de uma gaiola grande e espaçosa, toda acolchoada, cheia de brinquedos, almofadas e dizeres "você é amada". 

Leia também: Feliz Halloween! Cachorro fantasiado fica mais fofo do que aterrorizante

Cadela resgatada em sua cabaninha arrow-options
Facebook/ Mel Issa
Cadela resgatada em sua cabaninha


Todos os detalhes na cabaninha de Bella fazem a diferença. Segundo Mel, a porta da gaiola sempre fica aberta para que a pet entre e saia quando quiser, além de ser crucial para a ventilação. Sem conta a decoração: 

  • Almofadas em formato de coração;
  • Colchonetes;
  • Flores sintéticas;
  • Uma coroa;
  • Bichinhos de pelúcia;
  • Luzes de LED (que só ficam ligadas se a tutora estiver no cômodo).

Porém, a tutora sempre deixa claro que se seu cão for daqueles que adora mastigar e comer objetos, é melhor não tentar essa decoração especial. Ela só fez esse "extra" para Bella porque tem certeza do temperamento da cadela, e sabe que ela não é de destruir nenhuma das coisas ali dentro.

cabana arrow-options
Facebook/ Mel Issa
Cabana


Cadela resgatada Bella em sua cabana arrow-options
Facebook/ Mel Issa
cabana


Bella em sua cabana arrow-options
Facebook/ Mel Issa
Bella em sua cabana