Tamanho do texto

Os cães Harry e George eram melhores amigos e costumavam dividir a caminha; mesmo um ano após a morte de George, Harry ainda deixa um espaço para ele

A lealdade dos cães é algo conhecido e comprovado, mas algumas histórias continuam chamando atenção. Caitlin usou seu Twitter para mostrar que seu cãozinho Harry ainda sente falta de seu melhor amigo George mesmo após um ano de sua morte. 

"Harry deixava George dormir em um espaço da caminha. Ele morreu há quase um ano e Harry continua deixando o espaço", escreveu Caitlin ao compartilhar duas fotos dos cães. 

Leia também: Internado com câncer, homem se emociona ao reencontrar cachorro

cachorros dormindo em caminha arrow-options
Reprodução Twitter
O cachorro leal Harry continua deixando espaço na caminha para George

Para o portal Mirror, a dona dos pets da raça lhasa apso contou que o cachorro leal Harry chegou na casa quando ainda era filhote e se tornou amigo de George de cara. Os dois faziam tudo juntos: brincar, comer e dormir. 

Leia também: Pitbull não consegue ficar longe de menina que o adotou

Porém, George, que era mais velho, começou a ter falência nos rins e precisou passar por eutanásia. "Harry acompanhou a gente no veterinário e se despediu de George, mas desde então ele está de luto", contou Caitlin.