Tamanho do texto

Bob Coveiro, como ficou conhecido, recebe todos os cuidados necessários dos funcionários do Cemitério da Saudade, em Taboão da Serra, São Paulo

Quem vai ao Cemitério da Saudade, em Taboão da Serra, na Região Metropolitana de São Paulo, encontra um cachorro que vive no local há 10 anos. Bob Coveiro, como ficou conhecido, participou do sepultamento de sua dona e seu amor incondicional por ela fez com que ele nunca mais fosse embora. 

Leia também: Cadela dançando valsa em casamento rouba a cena  e encanta convidados

cachorro deitado na grama ao lado de bolinhas arrow-options
Reprodução Facebook/ Bob Coveiro
Bobo Coveiro, o cachorro que mora no cemitério, adora brincar de bolinhas

Hoje o cão possui casinha, jardim e recebe todos os cuidados necessários dos funcionários do cemitério. “O Bob aqui tem livre acesso. Ele alegra nossos dias. É um bom amigo”, conta Maria Neves Viera, diretora local, ao portal Jornal na Net. "A gente alimenta, manda para o pet shop e compra as bolinhas que ele gosta de brincar. Nós pedimos doações das pessoas porque nem sempre temos dinheiro”, acrescenta outro funcionário.

cachorro ao lado de homem arrow-options
Reprodução Facebook/ Bob Coveiro
Bob recebe todos os cuidados dos funcionários do cemitério

Leia também: Não fume perto do seu pet! Ele também pode desenvolver doenças

Bob acompanha todos os sepultamentos, algumas vezes vai à frente do caixão, outras junto com as pessoas, sempre respeitando muito a situação. Os funcionários acreditam que ele ainda lembra da dona e por isso tem essa atitude. 

De acordo com Joselito Silva, um dos funcionários que ajuda a cuidar de Bob, o restante da família tentou levá-lo de volta para casa, mas ele não se adaptou e escolher ficar no cemitério.